Ampliar (Fonte da imagem: Reprodução/Nexus Geek)

Embora nossos celulares tenham sido invadidos por jogos capazes de rivalizar com os próprios video games, isso nem sempre foi assim. Se hoje temos Infinity Blade e outros títulos grandiosos, há pouco mais de uma década tínhamos de nos contentar com Snake — isso quando o aparelho era avançado o suficiente para trazer esse recurso.

Não é para menos que o popular “jogo da cobrinha” se transformou em um clássico. No entanto, o que pouca gente sabe é que a primeira aparição do game em um celular está completando 15 anos em 2012 e traz muitos fatos curiosos que nem mesmo quem conseguiu a maior pontuação em sua época de colégio deve saber.

Você sabia, por exemplo, que o título não nasceu nos telefones móveis, sendo bem mais antigo? Pois essa é apenas um dos fatos que marcaram a história do aniversariante. Então, que tal conhecer um pouco mais sobre a origem do jogo que marcou a infância de uma geração?

Mais velho do que você acha

Se você se considera velho por ter tido a oportunidade de brincar com Snake em seu celular antigo, saiba que ele é anterior a tudo isso. A primeira aparição da “cobrinha” foi, na verdade, na década de 70 em um jogo de fliperama — somente anos mais tarde é que ela chegou aos computadores domésticos, como o Micro BBC e o Commodore 64.

Ampliar (Fonte da imagem: Reprodução/Dial a Phone)

Mas o que realmente ajudou o game a se popularizar foi o fato de ele nunca ter tido um “criador”. Não que ele tenha surgido por geração espontânea, mas ninguém nunca reclamou sua autoria. Sem esse entrave, desenvolvedores do mundo inteiro tinham a liberdade de realizar alterações e criar diferentes versões do mesmo jogo. Mantendo a mesma estrutura básica, mas oferecendo variações significativas entre cada edição, não demorou para que Snake virasse um fenômeno.

No entanto, a grande explosão de popularidade aconteceu somente em 1997, quando a Nokia disponibilizou o jogo pré-instalado no modelo 6110 — um dos velhos “tijolões”. O curioso é que, mesmo ele não sendo o único game disponível no aparelho, foi o único que conseguiu deixar sua marca.

E a companhia finlandesa soube usar a liberdade de edição existente em Snake para mantê-lo sempre atualizado. Em 1998, por exemplo, o Nokia 7110 chegou ao mercado trazendo o título já com a possibilidade de um modo multiplayer baseado no sistema de infravermelho do aparelho. Já em 2000, a empresa apresentou o Nokia 9200 com o chamado Snake Ex.

O sucesso do “jogo da cobrinha” foi tanto — números apontam que ele estava presente em mais de 400 milhões de aparelhos — que o responsável por trazê-lo aos celulares, Taneli Armanto, recebeu um prêmio do Mobile Entertainment Forum por ter sido um dos responsáveis pela popularização do entretenimento móvel. Ou seja, se você está aí, todo feliz jogando Angry Birds em seu Android, é porque tinha uma cobrinha caçando pixels em algum momento do passado.

Fonte: Blog Nokia

Cupons de desconto TecMundo: