Usada para fabricar desde fogos de artifício até explosivos, é fato que a pólvora modificou o mundo; no entanto, sua popularização certamente se deve às armas de fogo. Sinônimos de força e poder, empunhá-las é um sonho para grande parte dos jovens. Quem, quando criança, nunca sonhou ser policial?

Não é de surpreender, portanto, a imensa quantidade de títulos lançados com esse apelo. Na eterna luta do bem contra o mal, tanto faz encarnar o mocinho ou o vilão – desde que se tenha uma metralhadora em punhos. Por outro lado, a massificação da violência provocou discussões acaloradas – culminando, entre outras coisas, no polêmico veto ao jogo Counter Strike nestas nossas terras tupiniquins.

Mas como os fãs do gênero gostam de muita ação e pouca conversa, chega de blábláblá! Eis uma seleção com ótimas opções de jogos multiplayer de tiro. Lock and load!


JOGOS COMPLETOS

Combat Arms

caConsiderado por muitos como o sucessor do já mencionado Counter Strike, Combat Arms é, por falta de termo melhor para definir, um jogão! Conforme mata seus adversários você sobe de patente (há 21 cargos para galgar) e ganha dinheiro, que pode ser utilizado para adquirir armas e equipamentos melhores. Até aspectos estéticos, como o uniforme, são personalizáveis. Com cinco modos de jogo e atualizações lançadas constantemente pelos produtores, trata-se de um título indispensável.

Soldat

soldatSem apelo gráfico forte, Soldat é um jogo que se destaca por oferecer um altíssimo nível de diversão e por utilizar a simplicidade como alicerce para isso. Em um universo 2D que remete a clássicos como Worms e Gunbound você deverá derrotar o exército adversário em um dos sete modos de jogo disponíveis. Com ritmo frenético e 18 armas à disposição, é chumbo para todos os lados.

GunZ The Duel

gunzAssistiu Matrix? Gostou? Então é provável que goste também de GunZ: corra, pule, escale, esquive... e meta bala! Com sistema de evolução por níveis (em que você precisa derrotar seus inimigos para adquirir experiência), você pode deixar a aparência do personagem a seu gosto: há uma infinidade de armas, roupas e acessórios para ajudar nessa tarefa.

America’s Army: Special Forces (Overmatch)

aaDesenvolvido pelo exército dos Estados Unidos da América sob patrocínio do Pentágono, a intenção primária de America’s Army é trazer ao jogador a mais real possível experiência de guerra – dessa forma chamando a atenção dos jovens e objetivando atraí-los para as forças armadas. Com um nível de simulação altíssimo, oferece dezenas de missões e uma boa variedade de armas; o sistema de hierarquia também se faz presente, baseado na quantidade de treinamentos já completados e no seu desempenho em combate.

Prism: Guard Shield

prismEis o concorrente de America’s Army no referente a simulação de combate para soldados. Produzido pela Rival Interactive em parceria com a Guarda Nacional dos Estados Unidos, difere-se de AA por direcionar seu enfoque a técnicas avançadas de espionagem e a estratégias de neutralização e oposição a ataques terroristas – os pólos norteadores da unidade Prism.

Wolfenstein: Enemy Territory

wetInicialmente planejado para ser um complemento para o jogo Return to Castle Wolfenstein, acabou se tornando uma produção independente. “Descendente” do primeiro jogo de tiro em primeira pessoa criado, o célebre Wolfenstein 3D, W:ET faz jus às raízes: com jogabilidade simples e gráficos detalhados (mesmo em computadores menos potentes), está à frente da grande maioria de seus congêneres.

F. E. A. R. Combat

fcVersão online do aclamado F. E. A. R., neste jogo você encarnará um agente especial que, com a ajuda de seu grupo tático, deverá deter as ameaças de uma organização paramilitar. Com doze variedades de armamento e dez modos de jogo, seu alto nível de realismo prende a atenção do jogador e promete horas a fio de diversão.


VERSÕES DEMO

Splinter Cell: Double Agent

scConsiderado um dos melhores jogos de espionagem já lançados, em Splinter Cell você encarna Sam Fisher, um agente secreto da Agência de Segurança Nacional norte-americana. A diretiva principal de suas missões é o combate ao cyber terrorismo, que se desdobra, por exemplo, com ataques remotos através de sabotagem virtual. Tanto na coleta de informações quanto nas missões em campo aberto, os objetivos impõem dificuldades ao protagonista e exigem do jogador bons reflexos e raciocínio rápido.

Call of Duty 4: Modern Warfare

codOferecendo uma infinidade de objetivos em suas missões, Call of Duty 4 quebrou a seqüência cronológica de seus antecessores ao alterar seu pano de fundo da Segunda Guerra Mundial para conflitos terroristas modernos. Incorporando elementos de raciocínio e estratégia, faz o jogador priorizar a tática e o trabalho em equipe para que haja sucesso em cada uma das ações executadas.

Half-Life 2

hlApesar de relativamente antigo, Half-Life 2 é de uma qualidade tão impressionante que ainda hoje consegue fazer frente aos grandes do gênero. Com efeitos gráficos surpreendentes, permite interação quase total com o cenário: você não apenas pode “fuçar” os objetos espalhados pelo cenário, como muitas vezes deverá fazê-lo para solucionar os enigmas.

Unreal Tournament 2004

utAclamado tanto por profissionais da área quanto por jogadores como um dos principais títulos de tiro em primeira pessoa existentes, a carnificina rola solta em UT2k4. Seu estilo de jogo assemelha-se ao de clássicos como Quake e Doom, com ação frenética e chumbo para todos os lados – uma verdadeira arena de batalha.

Duke Nukem 3D

dnImpossível falar em jogos de tiro sem citar Duke Nukem, o anti-herói mais carismático da década de 90 (e possivelmente o seja até hoje). O jogo, que é fraco se comparado aos padrões gráficos atuais, prima pela diversão: as fases são povoadas por porcos fardados e strippers sensuais (“Shake it, baby!”), sem falar no arsenal pitoresco do protagonista. Um dos pioneiros do sistema multiplayer, uma boa parcela dos amantes do estilo teve seu primeiro contato com o gênero por meio de DN3D.

Quake 4

q4É quase certo que quem já empunhou uma arma virtualmente tenha jogado pelo menos uma das versões de Quake, o jogo que alavancou a experiência multiplayer online a níveis antes inimaginados. Como em seus antecessores, Quake 4 retrata uma épica batalha entre as tropas humanas e as forças invasoras alienígenas – repleta, como sempre, de armas futuristas (e muito poderosas, claro) e cabeças explodindo por todos os lados.

Battlefield 2

bfSeguindo a onda de seus congêneres, Battlefield 2 transportou seu campo de combate para as disputas contemporâneas (que envolvem potências como os Estados Unidos, a China e uma coalizão de países do Oriente Médio). Oferecendo suporte a disputas online para até 64 jogadores em um mesmo mapa e mais de 30 veículos à disposição, trata-se de um título praticamente obrigatório para os amantes de guerras e de jogos de tiro em primeira pessoa.

SWAT 4

swatSer policial não significa, necessariamente, matar bandidos para dirimir o crime. Em SWAT 4 a sanguinolência dá lugar à perspicácia de raciocínio, já que as missões envolvem, prioritariamente, evitar ao máximo que haja baixas desnecessárias. O próprio nome SWAT é uma abreviação para Special Weapons and Tactics, que significa Armas e Táticas Especiais; por aí já dá para se ter uma idéia dos objetivos, que incluem arrombamento de portas, isolamento de ambientes e resgate de reféns – tudo através de ações coordenadas. Nota: a versão demo não tem suporte ao modo multiplayer.

Far Cry

farcryEm Far Cry você encarna Jack Carver, um ex-fuzileiro naval da marinha estadunidense que agora trabalha como freelancer na prestação de serviços como guarda-costas. O plano de fundo são as ilhas da Oceania e suas belezas naturais, repletas de mistérios: ao embarcar em uma missão na qual, teoricamente, teria apenas que escoltar uma jornalista durante sua viagem pela Micronésia, o protagonista acaba descobrindo que as ameaças presentes em meio aos arquipélagos são muito maiores do que ele imaginava. Apesar de ter gráficos consideravelmente defasados (afinal o jogo foi lançado em 2004), seu enredo e sua experiência de jogo o tornam muito interessante.

Cupons de desconto TecMundo: