Seguindo a série de artigos do Baixaki Jogos sobre defeitos e imperfeições gráficas, o assunto abordado da vez é o chamado texture shimmering. Não se trata de algo que grite aos olhos ou que venha a incomodar grosseiramente o jogador, uma vez que só pode ser percebido por olhares mais atentos e, geralmente, em telas de alta resolução.

O defeito é decorrente da técnica de filtragem de texturas dos processadores gráficos. É por isso que ocorrem os testes de mipmaps, grupos pré-coletados e otimizados de imagens que acompanham uma textura principal e tentam aumentar a velocidade de renderização e minimizar os problemas gráficos.


No entanto, se a placa de vídeo usa um algoritmo que força a textura e a filtragem, pode ocorrer o texture shimmering: um efeito — na verdade, um "defeito" — no qual as texturas podem "caminhar" ou "piscar" na tela, distraindo o jogador. Esse problema é mais comum em placas da NVIDIA justamente pelo tipo de arquitetura e filtragem empregadas.

É interessante reforçar que os problemas podem ser acentuados pela relação com filtragens dos tipos bilinear, trilinear e anisotrópica, porque a "mistura" é capaz de "estourar" ainda mais as transições de texturas.

Exemplos

texture shimmering pode ocorrer entre transições de imagens de uma resolução de textura para a próxima. Se as mudanças acontecerem de forma muito áspera (descuidadas, pouco polidas), as texturas que contêm níveis de mais baixa qualidade podem se destacar mais enfaticamente. Essa maior evidência em apenas um pedaço da mesma imagem às vezes pode causar aos olhos o efeito de shimmering ou mesmo de flickering.

No vídeo abaixo, o shimmering ocorre ao fundo e também nas bordas do teto. Note como a textura parece dançar. Há, também, outro defeito presente: o pop-in. Assista com a melhor resolução possível para notar os problemas com clareza:

Em alguns casos mais extremos, praticamente pode-se ver uma linha marcando exatamente o ponto de transição entre as texturas, acentuando as diferenças. No que diz respeito à forma ideal de produção, as texturas com maiores detalhes — e consequentemente com resolução mais alta— devem se misturar delicadamente com as texturas de menor definição gráfica (que contêm menores detalhes), para que o usuário final não consiga notar essa transição.

Infelizmente, como podemos notar no vídeo abaixo, não é o que ocorre na maioria dos casos:

O que se pode afirmar sobre texture shimmering é que esse defeito pode ser altamente variado no decorrer de um game. Pode ser que em uma determinada fase ou mundo simplesmente não possua nada que denuncie a falha, mas na próxima ela fique evidenciada expressivamente, ficando impossível não deixar de vê-la em tempo integral.  

Sem movimento...

...sem defeito!

O defeito texture shimmering é impossível de ser detectado em fotos estáticas, paradas, da tela. Ou seja, para julgar qualidade gráfica de imagens, em termos de avaliação de placas de vídeo e qualidade de equipamentos, é preciso o uso de objetos ou imagens cinéticas, em qualquer movimento de deslocamento.

Em geral, texture shimmering é dificilmente detectável em áreas escuras e fáceis de serem apontadas em lugares com muita luz e brilho, em áreas externas de superfícies longas e planas. Nesses cenários o defeito é facilmente detectável, uma vez que as texturas relativas ao chão dão a impressão de piscar, ocasionando a sensação de que o ambiente está se mexendo conforme o personagem se movimenta.

O que faz a falha em questão ser uma armadilha, em certos casos, é que não há como apontar a presença do defeito em screenshots, fotos estáticas de jogos. E as imagens paradas são os recursos "número 1" na avaliação da qualidade gráfica e julgamento de placas de vídeo e qualidade de resolução de games.

Porém, é muito fácil apontar quando uma transição abrupta ocorre em cenas em movimento. É o que ocorre em games, como se nota na passagem acima de The Lord of the Rings Online, sendo que os defeitos são guiados pela flecha do cursor. Além de shimmering, ocorre flickering e outras situações estranhas com as sombras das árvores. Dessa maneira, para avaliar com precisão texture shimmering é preciso confiar somente em vídeos.

Dos males...

Então, texture shimmering é prejudicial ao que concerne um jogo de alta qualidade? No sentido mais estrito de análise, sim. É uma falha, a grosso modo, que lembra uma espécie de aliasing, e como tal é indesejável porque falseia a unicidade do resultado do sinal proveniente da placa de vídeo, que deveria renderizar a imagem de maneira fluida e clara.

Se tudo funcionasse corretamente, a percepção que se teria da definição da imagem seria a mais afinada possível. Entretanto, devido ao defeito o desempenho máximo tanto do game em questão quanto do aparato técnico está prejudicado, quer seja por falha do primeiro ou do segundo.

Mas especificamente no caso de texture shimmering, o defeito é bem pouco evidente. Se não for o caso da linha de transição entre as texturas ser muito gritante, vai ser necessário muita procura para encontrar o defeito.

Em suma, você não vai deixar de jogar um belo jogo — como The Elder Scrolls IV: OblivionCrysis ou World of Warcraft, que podem facilmente apresentar texture shimmering — só por causa dessa gafe das placas.

Via Baixaki Jogos