A Audi já anda há algum tempo brincando com o universo dos games. Além de a alemã marcar presença em diversos jogos de corrida com seus carrões, também patrocinou há pouco tempo uma transmissão ao vivo de Forza Motorsport 6 – com uma Le Mans de mais de quatro horas seguidas no Circuit de la Sarthe. A nova empreitada da montadora no segmento, no entanto, é bem mais ousada: patrocinar uma equipe de Counter-Strike: Global Offensive.

O anúncio dessa iniciativa foi feito no último dia 19 de janeiro pelo próprio clã que passa a contar com a ajuda da companhia, o Astralis. Em uma postagem no Twitter, o time dinamarquês se mostrou bastante empolgado com a chegada da marca ao CS:GO e exibiu uma prévia dos moletons com o logo tradicional da companhia, além de divulgar algumas fotos do novo uniforme oficial da organização na sequência.

Ousadia certeira

Esse apoio da Audi vem em boa hora, dando uma forcinha extra para a equipe às vésperas da sua estreia no Major de Atlanta da ELEAGUE – uma das principais competições da categoria no ano. Jordi Roig, pelos negócios da Astralis, acredita que o campeonato seja a maneira perfeita de dar o pontapé inicial na parceria e afirma que os jogadores estão muito orgulhosos de poderem trabalhar junto a uma empresa de primeira classe e com alcance global.

A parceria tem o potencial de abrir boas portas no ramo dos esportes eletrônicos

“É uma área muito interessante, com uma demografia grande e muito forte”, explica Christian Weiglin Thorn, o chefão de Marketing da companhia automotiva. Para ele, a percepção de que há um público maduro – em grande quantidade – dentro dos espectadores de eSports foi algo essencial para alavancar esse tipo de investimento. Seja como for, a parceria tem o potencial de abrir boas portas no ramo dos esportes eletrônicos.

Uniforme do Astralis já com o logo da Audi

O fato de poucas empresas não endêmicas – isto é, que não são diretamente ligadas ao setor de games – entrarem de cabeça nesse segmento ou dedicarem parte de seu orçamento ao patrocínio de times e jogadores, por exemplo, deve dar um bom destaque para a empreitada da Audi. Com um nome grande como esse adentrando o cenário, é de se imaginar que outras marcas fora do circuito mais tradicional da categoria – como hardware, alimentos e telecomunicações – acabem seguindo o exemplo.

E aí, algum palpite sobre quem vai testar esse mercado extremamente promissor ao longo de 2017? Deixe a sua opinião sobre o tema mais abaixo, na seção de comentários.

Cupons de desconto TecMundo: