A cada ano que passa, é uma tortura para a EA Sports e a Konami negociarem os direitos de uso de imagem de jogadores e clubes brasileiros para jogos da série FIFA e Pro Evolution Soccer. Agora, essa burocracia fruto da desorganização da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) atinge também outro jogo querido pela comunidade: o Football Manager 2017.

De acordo com o site Trivela, a edição deste ano do simulador e gerenciador de futebol simplesmente não será vendida no Brasil. O motivo? A SEGA e a Sports Interactive, que são as responsáveis pelo título, encontraram problemas no licenciamento das marcas nacionais e decidiram "não correr riscos", cancelando a comercialização por aqui.

FM17 no Steam: é isso que aparece para quem tenta comprar no Brasil

A página do Football Manager 2017 no Steam simplesmente não existe — diz que "o jogo não está disponível" para esta região — para quem acessa o endereço logado com uma conta nacional. A pré-venda já começou e a ausência do site em português já havia deixado muita gente com um mau pressentimento.

Mas o que aconteceu?

O problema é o mesmo dos outros jogos de futebol com times brasileiros: a negociação não é coletiva, o que significa que a consulta é com cada clube ou até jogador. Em 2015, o Flamengo solicitou a remoção de nome e cores do game — e algo parecido ou até de dimensões maiores pode ter acontecido desta vez.

Você conhece o Flemish? Pois é

Em FIFA 16, alguns clubes brasileiros acabaram na seção "Resto do Mundo", já que a liga oficial deixou de existir. Nele e em PES 2016, problemas de licenciamento deixaram jogadores genéricos e escalações desatualizadas — isso quando nome e escudo são utilizados.

Não podia só lançar sem o Brasil?

A dinâmica de Football Manager fica bastante comprometida sem o Brasil: além de provavelmente ser a favorita dos jogadores daqui, os atletas são visados em transferências de times de todo o mundo. Por isso, a desenvolvedora parece ter optado pela alternativa mais radical, evitando dores de cabeça. Fãs já estão se mobilizando para pedir, de alguma forma, que o título seja lançado normalmente aqui sem a database brasileira. Será que dá certo?

Enquanto isso, o que você pode fazer como gambiarra é mudar o país na sua conta e usar um cartão de crédito do país que você escolher (o internacional comum tem o seu endereço daqui, o que invalida a compra). O jogo sai em 4 de novembro para PC.

Via TecMundo Games.

Cupons de desconto TecMundo: