Um projeto impressionante de um engenheiro eletrônico de Cambridge deixou todo mundo de queixo caído. James Newman construiu um computador imenso, de dois metros de altura e mais ainda de largura, para representar o período "crustáceo" de como jogar Tetris.

Conforme reporta o BBC, o criador começou a erguer a parafernália, batizada de “Megaprocessor”, em 2012, na esperança de tentar visualizar as funções de um processador de tamanho “normal” (no passado, é claro) que poderia ser utilizado para propósitos educacionais.

Milhares de detalhes

A versão final do homérico processador tem nada menos que 10 mil luzes, pesa quase meia tonelada e mede 10 metros de largura. O custo foi mais ou menos de 40 mil euros (ou R$ 148 mil convertendo para a nossa moeda com base na atual cotação do euro). A máquina roda a até 8 Khz e tem 256 bytes de memória. Sim: 236 BYtes, e não MEGA.

A máquina gigante tem milhares de luzes

“A máquina da sua mesa pode ser milhões de vezes melhor do que a que eu construí – mas a minha é muito mais bonita”, brincou Newman. “Meu sonho é que ela vá parar num museu ou num instituto educacional para que as pessoas possam aprender com ela”, concluiu.

O que você achou da criação? Compartilhe a opinião conosco na seção destinada aos comentários logo abaixo.

Via TecMundo Games.

Cupons de desconto TecMundo: