O mercado global de jogos eletrônicos deve fechar o ano de 2016 com receita total aproximada de US$ 99,6 bilhões, o equivalente a R$ 337,6 bilhões na cotação de hoje. Contudo, pela primeira vez desde que a consultoria Newzoo começou a monitorar esse mercado, os EUA não estão no topo da lista dos países mais rentáveis para o segmento.

A China deve registrar uma receita total de US$ 24,3 bilhões para o setor, enquanto os EUA ficam com US$ 23,59 bilhões. O terceiro colocado, o Japão, segue bem atrás, com US$ 14,4 bilhões. O Brasil, por sua vez, subiu uma posição no ranking, tendo ultrapassado a Austrália e ficado em 12°, com US$ 1,27 bilhão. O último país da lista dos 20 maiores consumidores de games no mundo é a Tailândia, que deve registrar US$ 521 milhões até o fim deste ano.

Vale destacar que toda essa receita é referente a uma estimativa para o ano de 2016 completo, que pode acabar com resultados consolidados diferentes. Esses valores também somam PC, consoles e mobile em um único bolo. Confira como cada um desses segmentos se insere no total.

Vale destacar também que, na América Latina, o Brasil lidera esse ranking, seguido de perto pelo México. Apesar disso, nossa região é a que tem a menor representatividade no mundo dos games até nesse relatório.

Confira mais números do relatório na galeria:

Cupons de desconto TecMundo: