Quem se divertiu em Red Dead Redemtpion certamente deve ter curtido bastante as aventuras de John Marston. Porém, o que poucos devem imaginar é que a Rockstar passou por maus bocados durante o desenvolvimento do game, a ponto de considerá-lo “um pesadelo constante”. 

De acordo com um documento no qual Leslie Benzies, ex-executivo da Rockstar North, explica os motivos pelos quais está processando a produtora (e seus fundadores) e a Take-Two, foi mencionado que ele não estava envolvido com o game originalmente, mas uma sucessão de erros e problemas fez com que o profissional acabasse ajudando na produção do título por alguns meses. 

Em emails enviados a Benzies, Sam Houser, um dos fundadores da Rockstar, alegou coisas como “os altos e baixos [na produção] são muito extremos, precisamos arrumar isso rápido”, “Red Dead Redemption é um pesadelo constante” e “temos problemas com a câmera em todos lugares”.

Sabe aquela história de que uma andorinha não faz verão? Pelo visto, em Red Dead Redemption uma pessoa só foi capaz de mudar o rumo do desenvolvimento do game

“Como o próprio Sam Houser reconheceu, os irmãos Houser eram incapazes de completar [o desenvolvimento] de jogos grandes e complexos sem o auxílio, gerenciamento e as habilidades de Benzies para fazer com que os games se tornassem coesos, agradáveis e compreensíveis”, diz o documento do processo. 

Red Dead Redemption foi lançado em versões para Xbox 360 e PlayStation 3.

Imaginava que a produção de Red Dead Redemption tinha sido tão conturbada? Comente no Fórum do TecMundo

Cupons de desconto TecMundo: