Aos 86 anos, Sandra Day O'Connor poderia simplesmente curtir a aposentadoria como senadora pelo Arizona e juíza pela Suprema Corte dos Estados Unidos, já satisfeita por entrar para a História — ela foi a primeira mulher a conseguir tal indicação no Judiciário. Porém, sem vontade de parar para descansar, ela agora se volta para uma área totalmente diferente: a de games.

O'Connor foi a produtora responsável pelo "Win The White House", um jogo que conta a trajetória da campanha presidencial norte-americana. De cunho educativo, ele tem como objetivo mostrar não só o funcionamento do (confuso) sistema eleitoral local, mas também que é possível competir e ganhar "sem perder a civilidade". Ele já foi jogado por mais de 250 mil jovens no país e está cada vez mais difundido nas escolas.

Uma amostra do jogo sobre a corrida presidencial nos EUA

Ao The New York Times, a juíza contou que não era entusiasta de games até alguns anos atrás, mas se voltou ao digital após criar a organização cívica não governamental iCivics. O objetivo principal dela era retomar nas escolas algo que tem sido deixado de lado: a formação de cidadãos engajados e com boa liderança. Outro dos games da marca é "Do I Have A Right", que coloca o jogador em um escritório de direito constitucional e aborda várias temáticas atuais.

Você concorda com a utilização de eletrônicos na educação de crianças? Comente no Fórum do TecMundo

Cupons de desconto TecMundo: