Mais que Mario, Zelda e Donkey Kong, a Nintendo ganhou fama nos quatro cantos do globo por conta de seus portáteis, especialmente aqueles que fizeram parte da família Game Boy. Além dos modelos convencional e Color, a empresa também disponibilizou uma variação mais potente que ficou conhecida como Game Boy Advance – e este completou 15 anos na última segunda-feira (21). 

Lançado no Japão em 21 de março de 2001, o portátil chegou com a promessa de entregar títulos mais robustos que aqueles vistos nos modelos anteriores, algo que foi possível graças à presença de um processador mais potente (de 32 bits), bem como mais memória e uma placa de processamento gráfico melhor. 

De acordo com dados divulgados pelo site VGChartz, o Game Boy Advance vendeu 81,51 milhões de unidades ao redor do globo, superando outras plataformas populares como o Super Nintendo, o Mega Drive e o PSP. 

Além da plataforma propriamente dita, a Nintendo também disponibilizou alguns acessórios para o Game Boy Advance. Os mais conhecidos são o e-Reader (um acessório capaz de ler dados em cartões e transferi-los para o jogo) e um cabo de comunicação que possibilita a troca de informações entre quatro aparelhos conectados. 

Renovando o visual 

Além da versão convencional, a Nintendo também disponibilizou outros dois modelos posteriormente: Game Boy Advance SP e Game Boy Micro. O primeiro apresentava um formato diferente, com a possibilidade de abrir e fechar o portátil em um sistema “flip”, enquanto o segundo era uma versão mais compacta do video game. 

O Game Boy Advance vendeu 81,51 milhões de unidades ao redor do globo, superando outras plataformas populares, como o Super Nintendo, o Mega Drive, o PSP e muitos outros

Entretanto, nada disso seria possível se o portátil não tivesse uma lista generosa de títulos que o público pudesse curtir. Ao menos no que diz respeito à diversidade, o Game Boy Advance conseguiu abraçar públicos variados, indo dos fãs de RPG até aqueles que curtem games com mais ação. 

Homenageando o portátil, listamos abaixo 15 títulos que certamente tiveram destaque na história do video game e conquistaram lugar cativo no coração de diversos jogadores. Ah, e antes de seguirmos à lista, um detalhe: os títulos abaixo não estão em ordem de preferência, e, caso queira, você também é livre para compartilhar quais são os seus favoritos no espaço para comentários. 

1. The Legend of Zelda: Minish Cap

The Legend of Zelda: Minish Cap é um dos títulos da série que leva o selo da Capcom

Diferente de outros títulos da série estrelada por Link, The Legend of Zelda: Minish Cap não foi desenvolvido pela Nintendo. Assim que o game começa, o jogador inicia uma jornada que leva o selo da Capcom e tem a oportunidade de visitar diversos locais enquanto encontra meios de salvar Zelda e os habitantes Hyrule da ameaça de Vaati. 

2. Advance Wars 

Fãs de RPGs táticos certamente perderam horas e horas elaborando estratégias para se dar bem em Advance Wars. Diferente de outros títulos que se enquadram nessa categoria, aqui é dada a oportunidade de controlar um time composto por unidades áreas, marítimas e de solo, realizando os mais diversos tipos de ataques para cumprir os objetivos que são passados. 

3. Super Mario Advance 4: Super Mario Bros. 3 

Tido por muitos como um dos melhores jogos lançados para NES, Super Mario Bros. 3 também deu as caras no Game Boy Advance em uma versão intitulada Super Mario Advance 4: Super Mario Bros. 3. Com gráficos melhorados, essa edição trazia como diferencial algumas fases adicionais caso os cartões que acompanhavam a caixa fossem lidos com o e-Reader. 

4. Mario & Luigi: Superstar Saga

Bom humor foi um dos principais atrativos de Mario & Luigi: Superstar Saga

Se hoje temos a oportunidade de acompanhar várias aventuras de Mario e Luigi no mundo dos RPGs, devemos agradecer a esta aqui. Além dos combates por turnos, Mario & Luigi: Superstar Saga atraiu a atenção do público por trazer diálogos bem-humorados, quebra-cabeças e outras mecânicas que acabaram agradando. 

5. Metroid: Zero Mission 

Aqueles que nunca tiveram a oportunidade de se divertir no game original da série Metroid puderam correr atrás do tempo perdido com o lançamento de Metroid: Zero Mission. Além de adicionar mais cores ao game, esta aventura também trouxe mais itens, áreas e chefes extras para aumentar o seu tempo ao lado de Samus Aran nesta aventura. 

6. Golden Sun

Golden Sun foi desenvolvido pela mesma empresa que trabalhou em Shining Force

Propriedade nascida no Game Boy Advance, Golden Sun foi um daqueles jogos que chegou como quem não quer nada e acabou conquistando a atenção de diversos jogadores. Além de um sistema de combate bem-feito, o game apresentava diversos quebra-cabeças e criaturas capazes de modificar as habilidades dos protagonistas e oferecer novas técnicas quando equipadas. 

7. Fire Emblem

Primeiro Fire Emblem a chegar ao Ocidente foi o destinado ao Game Boy Advance

Criação da Nintendo, a série Fire Emblem também marcou presença no Game Boy Advance. Na verdade, esse foi o primeiro jogo da franquia a ser lançado fora do Japão e, mesmo com mecânicas diferentes do que muitos já tinham visto por aí (como o sistema de morte permanente), acabou caindo no gosto de diversos jogadores, sendo que alguns o consideram uma das entradas mais legais da franquia. 

8. Pokémon Pinball 

A série Pokémon nasceu como um RPG, mas apostou em outras vertentes com o passar do tempo. Uma delas foi o mundo dos pinballs com Pokémon Pinball, e na versão para Game Boy Advance os jogadores tiveram a oportunidade de lançar diversas pokébolas na direção de criaturas vistas na versão Ruby/Sapphire, ao mesmo tempo em que podiam se divertir em mini games e realizar outras ações. 

9. Street Fighter Alpha 3 

Curte games de luta? Então há chances de que tenha se divertido com Street Fighter Alpha 3 e provavelmente nem tenha ligado para as limitações do portátil (ele contava apenas com quatro botões, enquanto os títulos da série precisam de seis) – afinal, o simples fato de ter a oportunidade de se divertir em um game para Arcade, em qualquer lugar, já é algo que vale muito a pena. 

10. F-Zero: Maximum Velocity

Do Super Nintendo para o Game Boy Advance, F-Zero: Maximum Velocity

Já faz algum tempo que não ouvimos falar nada sobre a série F-Zero, mas temos que lembrar que ela deu as caras no antigo portátil da Nintendo. Tudo bem, devemos desconsiderar o fato de que esse não é um jogo inédito (estamos falando de um remake do título disponibilizado para Super Nintendo), mas ele ainda foi capaz de divertir bastante em suas pistas futuristas. 

11. Mario Kart Super Circuit

Os fãs de jogatina multiplayer certamente investiram diversas horas em Mario Kart Super Circuit

Uma plataforma da Nintendo não é completa se não tiver um jogo da série Mario Kart. No caso do Game Boy Advance, isso aconteceu com Mario Kart Super Circuit, que permitiu partidas locais para até quatro jogadores utilizando um cabo específico e, evidentemente, um modo solo para você colocar as suas habilidades à prova. 

12 .WarioWare Twisted 

Para os que curtem jogos descompromissados, WarioWare Twisted era a melhor pedida. Simples e direto, aqui o objetivo era usar suas habilidades para se dar bem em mini games que duravam cerca de cinco segundos e o desafiavam a realizar ações como usar um espelho para enviar um feixe de luz sobre um demônio, comer todos os peixes do prato, quebrar casas e por aí vai. 

13. Pokémon Ruby/Sapphire

Jogadores desbravaram um novo mundo de aventuras em Pokémon Ruby/Sapphire

Mestres pokémon de todo o mundo certamente perderam horas e horas tentando capturar todas as criaturas presentes em Pokémon Ruby/Sapphire. Além de bichinhos já conhecidos, tivemos a oportunidade de ver 135 monstrinhos inéditos, bem como alguns líderes de ginásio para derrotar nesse novo mundo de aventuras. 

14. Castlevania: Aria os Sorrow

Aria of Sorrow deu aos donos do portátil a oportunidade de curtir um bom game da série Castlevania

A série Castlevania também marcou presença no Game Boy Advance com Castlevania: Aria of Sorrow, que apresentou diversas áreas para explorar, itens para colecionar e, sobretudo, diversos inimigos espalhados pelos cenários, todos prontos para colocar um fim na jornada de Soma Cruz, o protagonista dessa aventura. 

15. Gunstar Super Heroes 

Jogabilidade à la Contra é um dos diferenciais de Gunstar Super Heroes

Gunstar ganhou popularidade no Mega Drive, o que rendeu uma aposta no portátil da Nintendo. Essa versão conta com tudo o que foi visto no original e deu aos jogadores a oportunidade de curtir uma aventura à la Contra, bem como confrontos contra chefes variados e, claro, ver muitos tiros e pessoas se xingando por morrerem de formas absurdas.

Qual é o seu jogo favorito para Game Boy Advance? Comente no Fórum do TecMundo

Cupons de desconto TecMundo: