Você consegue imaginar como seria a sua vida sem a possibilidade de pausar um jogo para, digamos, ir ao banheiro fazer ‘número 1’ quando as coisas estão literalmente apertadas? Houve um período em que os jogadores não tinham acesso a tal opção, e se hoje podemos interromper nossas partidas temporariamente, tudo isso é graças aos esforços de Jerry Lawson. 

Nascido em 1940, Lawson começou sua carreira como engenheiro eletrônico trabalhando em companhias na costa leste dos Estados Unidos, se mudando posteriormente para a Califórnia, onde foi funcionário da Kaiser Electronics. Em algum momento de 1970, ele se juntou à Fairchild Semiconductor, empresa fundada em 1957 e onde pode colocar em prática algumas de suas ideias. 

História de conquistas 

Quando Lawson se uniu à companhia, havia poucos engenheiros negros trabalhando na empresa. Mais curioso ainda era o fato de se focar em algo para o qual muitas pessoas não davam bola (neste caso, video games). Entretanto, ele decidiu que era o momento de provar o contrário, e seu primeiro desafio no mundo das diversões eletrônicas foi quando ele levou uma máquina DEC PDP-8 para casa com o intuito de treinar pessoas para usá-la (algo que só foi possível após alguns upgrades, já que ela não apresentava as condições adequadas para a atividade). 

Posteriormente, ele também construiu uma máquina de fliperama chamada Demolition Derby, que usava o microprocessador F8 da Fairchild – sem o consentimento da empresa. Isso aconteceu pouco tempo depois do lançamento de Pong, e a companhia só não entrou com processos contra o funcionário porque teve uma ideia melhor: convidá-lo para trabalhar oficialmente em sua divisão de jogos. 

Channel F, o primeiro console a contar com opção de pausar as partidas

Não demorou muito para que Lawson assumisse o posto de chefe de engenharia da divisão de games, onde ajudou a desenvolver o Fairchild Channel F, que chegou às lojas em novembro de 1976. E o que fez do video game algo tão revolucionário à época? Além de ser o primeiro que permitia usar cartuchos, o console também foi o pioneiro em oferecer a opção de pausar o jogo – uma cortesia do botão Hold, que podia parar a ação na tela e permitir a mudança de parâmetros como a velocidade do jogo. 

O criador do botão para pausar partidas deixou a Fairchild em 1980 e fundou a Videosoft, empresa que desenvolveu alguns jogos para Atari 2600. Porém, seu nome acabou esquecido com o passar do tempo, até que recebeu uma honraria durante a Game Developers Conference 2011, mas não teve muito tempo para curtir a homenagem: ele faleceu em 9 de abril de 2011, um mês depois de ver seu nome novamente entre grandes figuras da indústria dos jogos. Porém, seu legado ainda permanece, e com certeza somos gratos a essa "pequena" contribuição.

Você conhecia a história do criador da opção de pausar os jogos? Comente no Fórum do TecMundo

Cupons de desconto TecMundo: