No início deste mês, entidades governamentais dos Estados Unidos anunciaram que a primeira frota de ônibus sem motoristas do país deve começar a circular em um parque de escritórios na área da baía de São Francisco já em 2016. Isso não significa, no entanto, que você precisa se começar a juntar dinheiro para ir para a América do Norte desde já. Em outros lugares do mundo, esse futuro já é uma realidade hoje mesmo.

Embora as opções atuais não sejam muitas, e aquelas que estão disponíveis contem apenas com trajetórias curtas e veículos que viajam em velocidades reduzidas, algumas cidades deram início a programas com testes públicos desse tipo de equipamento. Ainda que esses locais não estejam permitindo a participação de pessoas como passageiros, descubra a seguir para onde você pode ir para ver um automóvel autônomo passando por você na rua.

1 – Trikala (Grécia)

Fruto de uma iniciativa da União Europeia para reduzir as emissões de gás carbônico e o número de carros nas vias, o sistema francês CityMobil2 já pode ser visto em circulação na pequena cidade grega de Trikala. O ônibus anda em faixas específicas em certos trechos da cidade, mas outras partes de seu trajeto de 2,4 km acontecem em áreas com tráfego de carros normais.

2 – Wageningen (Países Baixos)

Baseado no modelo EZ10 de ônibus da EasyMile, os WEpods devem começar a levar grupos de até seis passageiros por vez na rota que vai de Wageningen para Ede a partir de novembro deste ano. Caso imprevistos não adiem o projeto, ele deve marcar a primeira vez que um veículo coletivo autônomo trafega por vias públicas sem qualquer infraestrutura construída especificamente para isso.

3 – Zhengzhou (China)

Usando uma rota de 32 km entre as cidades de Zhengzhou e Kaifeng, a companhia chinesa Yutong está testando um ônibus autônomo bastante interessante. Ainda que houvesse um motorista no assento, o veículo foi capaz de andar em velocidade de até 64 km/h, trocar de faixas e parar em semáforos sem qualquer intervenção humana.

4 – Milton Keynes (Reino Unido)

Atualmente em testes públicos, entre 30 e 40 dos LUTZ Pathfinder serão implementados para formar uma rede pública de transporte autônomo sob demanda. A ideia é que os pequenos carros para duas pessoas permitam que os moradores da cidade viajem entre quaisquer dois pontos no centro da cidade sem a necessidade de se preocupar com a navegação ou ter que reagir a obstáculos que eventualmente surjam em seu caminho.

Bônus – Lausanne (Suíça)

Durante um período de seis meses encerrado em junho deste ano, uma frota de seis ônibus EZ10 da EasyMile percorreu uma rota de cerca de 2,4 km para levar estudantes e professores da estação de metrô mais próxima até diferentes partes do campus do Instituto Federal de Tecnologia Suíça. Nenhum incidente foi reportado durante o período do teste, mas o fato de ele já ter sido encerrado faz com que o local possa ser citado apenas como um bônus.

Você andaria em um ônibus totalmente controlado por um computador? Comente no Fórum do TecMundo