(Fonte da imagem: Reprodução/Barrier Systems)

Dirigir pela ponte Golden Gate, em San Francisco, é um teste desafiador: fora alguns cones de plástico, praticamente não há divisórias entre as pistas, com carros em alta velocidade correndo o risco de bater e, na pior das hipóteses, cair lá do alto. Mas a situação vai mudar – e a responsável por deixar o lugar mais seguro é uma obra que parece simples, mas que envolve equipamentos da pesada.

Trata-se de uma barreira de concreto que vai separar os dois sentidos das vias da Golden Gate – e que, vista de longe, parece o zíper de uma roupa. Cada unidade da barreira pesa cerca de 680 kg e tem 1 metro de comprimento. No total, serão 4 km de faixas de segurança que, em vez de ficarem estáticas, poderão ser movidas a qualquer momento.

Mas o destaque é mesmo o caminhão que realiza toda essa obra: pesando 30 toneladas e medindo 17 metros, o veículo é capaz de erguer e posicionar vários dos “pedaços” da barreira em poucos minutos. Essa obra pode ser feita também em tempo real: quando há mais movimento em um dos sentidos, é só mover a linha e adicionar outra pista para o lado congestionado, em um processo que leva menos de 10 minutos.

O projeto inteiro vai custar US$ 26,5 milhões (cerca de R$ 54 milhões) e tem previsão para ser concluído em abril de 2013.

Fontes: SFBay, Barrier Systems