Se a capacidade e a velocidade são altas, o usuário logo se encanta, o que é completamente compreensível. Quem não gostaria de ter um super pendrive de 128 GB de armazenamento e taxas de transferência beirando os 34 MB por segundo para leitura e 24 MB por segundo para gravação?

Trata-se da mais recente obra-prima da Corsair. O Flash Voyager GTR é, sem dúvida, o sonho de muita gente. Entretanto, nem todo sonho é algo tão acessível assim. Antes que você se anime demais, é bom saber que o preço da versão 128 GB ultrapassa os 450 dólares e está disponível somente nos EUA. Então, é bom começar a engordar o seu porquinho. Afinal, o lançamento deve fazer muita gente ficar de queixo caído.

Com essas taxas de leitura e gravação o Flash Voyager GTR leva a tecnologia USB 2.0 aos extremos, forçando-nos a imaginar como seria a popularização dos USB 3.0. Assim, começa-se a pensar no que é possível fazer com um pendrive tão poderoso. No caso do Flash Voyager GTR a memória flash pode ser considerada quase como um “mini HD externo”.

O pendrive da Corsair é seis vezes mais rápido que os concorrentes!
Fonte: Corsair

Em uma comparação feita com um pendrive concorrente – para benchmark – o Flash Voyager GTR teve números impressionantes. Na transferência de 868 MB de documentos, o pendrive da Corsair levou apenas 6 minutos e 48 segundos para completar a tarefa, enquanto o concorrente se arrastou por 37 minutos e 24 segundos.

A transferência de 6 discos de DVD, ou seja, 28.2 GB para o Flash Voyager GTR levou apenas 22 minutos e 32 segundos; enquanto o concorrente ficou com a marca de 46 minutos e 42 segundos.

A diferença é ainda mais sensível quando o assunto é MP3. 30 GB de música foram totalmente transferidos em 38 minutos e 32 segundos para o mais novo integrante da família Corsair. A concorrência levou uma hora e cinco minutos para realizar a mesma tarefa.

O jeito é esperar a novidade chegar ao Brasil com preços mais acessíveis. Até lá, imaginaremos o que fazer com toda essa potência!

Cupons de desconto TecMundo: