uTouch

Já é de praxe para quem optou pelo Ubuntu: a cada seis meses uma nova atualização completa do sistema aparece para sacudir o mundo de Linux. No dia 10 de outubro, a Canonical finalmente lançou a versão final do tão aguardado Ubuntu Maverick Meerkat.

Além de todas as novidades em relação aos aplicativos, como o Shotwell que entra no lugar do F-Spot, a nova versão desta distribuição Linux traz um sistema nativo de multitouch, o uTouch. A novidade é ideal para quem vai rodar o novo Ubuntu em tablets e em PCs com monitores sensíveis ao toque.

É um recurso que abre novos e interessantes caminhos para desenvolvedores desejosos por dar aos programas algumas funcionalidades que se adaptam muito bem com o toque nas telas.

O sucesso

Para que o empreendimento multitoque da Canonical tenha sucesso, alguns fatores devem ser levados em conta. Antes de qualquer coisa, cabe aos desenvolvedores criar aplicativos que façam uso do novo recurso apresentado no Ubuntu. Porém, vale lembrar que, para que isso aconteça, APIs que ajudem no desenvolvimento também se fazem necessárias.

A compatibilidade dos aparelhos com o uTouch também pode ser considerada um dos fatores de sucesso do sistema do Maverick Meerkat. De nada adianta ter um SO que permite deixar o mouse e o teclado de lado se os fabricantes de computadores e tablets não fizerem a parte deles.

Os usuários que possuem computadores com tela sensível ao toque já podem baixar o Ubuntu Maverick Meerkat e testar o novo recurso.

Cupons de desconto TecMundo: