A guerra entre taxistas e motoristas que utilizam o aplicativo Uber não deve acabar no Brasil — a não ser que um projeto de lei, por exemplo, proíba ou regulamente de vez o serviço no país. Enquanto isso, veremos episódios surreais por aí, desde as promoções feitas pela ferramenta após manifestações das cooperativas até o que acontece no vídeo acima. 

No clipe, que aparentemente foi gravado por um taxista de Brasília, um carro com um motorista cadastrado no Uber é parado enquanto seguia para o Aeroporto Internacional Juscelino Kubitschek. O condutor deu azar: naquele momento, acontecia na capital nacional uma carreata de protesto de taxistas da cidade, que identificaram o motorista parado no tráfego.

Comparado a um traficante e chamado de "pirata", o motorista reage com calma aos insultos — os manifestantes chegam a ameaçar quebrar o carro do rapaz caso ele não desista da corrida. O casal que estava no veículo desce e, para continuar o trajeto até o aeroporto, é encaminhado para um táxi que estava ao lado. O condutor do Uber (que tem "PAZ" como letras da placa) chega a colocar as malas de ambos no porta-malas para evitar confusão.

Os taxistas se enfurecem ao solicitar uma autorização para o motorista do Uber e pedem para ele colocar a bagagem em um "carro regularizado". Em Brasília, circula um projeto de lei para proibir o aplicativo, mas até mesmo a sede do Distrito Federal da Ordem dos Advogados do Brasil se diz contrária à aprovação. Em nota no Facebook que não está diretamente relacionada com o caso, o Uber afirmou que "tem compromisso com a segurança" de passageiros e motoristas e que isso é "a prioridade número um no mundo" para a ferramenta.

Quem você acha que está certo, a Uber ou os taxistas? Comente no Fórum do TecMundo

Cupons de desconto TecMundo: