O programa de carros autônomos da Uber deu um passo importantíssimo à frente: a frota que opera no estado do Arizona, nos Estados Unidos, já está recebendo passageiros para testar essa nova tecnologia que vai remover os motoristas de alguns veículos da empresa. A informação foi revelada pela conta oficial da companhia no Twitter e de um jornalista da Fox local.

A Uber resolveu mudar-se para o estado do Grand Canyon após alguns problemas com o Departamento de Veículos Motores do estado da Califórnia, onde operava anteriormente. Tudo porque a empresa não quis solicitar as permissões adequadas para testar carros autônomos, com a justificativa que os veículos ainda possuem um motorista a postos pronto para assumir o volante caso algum incidente aconteça.

Conduzindo o governador

Nas próximas semanas, o serviço deve ser ampliado para mais algumas cidades do Arizona e, quem sabe, até de outros estados

Tudo isso teve o aval de ninguém menos que o governador do Arizona Doug Ducey, que foi o primeiro passageiro – junto com Anthony Levandowski, VP do Grupo de Tecnologias Avançadas da Uber – do sistema de caronas da companhia em um veículo autônomo. A frota de 16 carros foi levada da Califórnia diretamente para o Arizona e já está operando em caráter de teste na cidade de Tempe.

Se você estiver lá, você pode pegar um Uber autônomo com dois engenheiros da empresa nos bancos da frente para monitorar as viagens e servir como motoristas de emergência caso algo saia da programação. Nas próximas semanas, o serviço deve ser ampliado para mais algumas cidades do Arizona e, quem sabe, até de outros estados.

O governador Doug Ducey encerra sua viagem autônoma com cara de satisfeito

Cupons de desconto TecMundo: