Bastante interessado em fazer o Uber (e outros serviços de transporte similares) funcionar de forma regulada e integrada em São Paulo, o prefeito Fernando Haddad, do PT, pode criar uma nova forma de fazer com que apps de serviços de transporte se tornem parte do cotidiano da população. Segundo a Folha de São Paulo, o Bilhete Único pode virar forma de pagamento tanto para ele quanto para serviços de táxi via 99Taxis e Easy Tasy.

O Bilhete Único é a forma de pagamento utilizada em trens, metrôs, ônibus e aluguel de bicicletas na capital paulista. No caso do Uber e dos apps de táxi, você compraria "créditos" para rodar livremente na cidade, com variações de acordo com diversos aspectos, como região. Quem usa Bilhete Único para pagar mais de uma passagem no transporte público em certos períodos do dia também ganha desconto, e esse modelo pode continuar valendo para uma eventual parceria.

É para todo mundo sair ganhando

A empresa responsável pelo modelo de regulamentação desse sistema é a SPNegócios — e as análises já parecem adiantadas. Por enquanto, cartão de crédito é a única forma de pagamento aceita pelo serviço. No futuro, essas formas de transporte via app podem até ser utilizadas como uma espécie de integração com o ônibus: em São Paulo, há muita gente que pega o carro para chegar próximo a uma estação ou ponto de transporte público, e pequenos valores para Uber ou táxi seriam benéficos a esse público. 

Representantes de táxis, Uber, da prefeitura e da PSNegócios já se reuniram algumas vezes, e todas as partes parecem concordar com o andamento do projeto. A Cabify, que aguarda regulamentação para estrear no Brasil, também pode estar envolvida no projeto, que ainda não está totalmente confirmado nem possui data para começar — mas pode ter um grande impacto no bolso dos paulistanos.

Você prefere usar Uber ou táxi? Comente no Fórum do TecMundo

Cupons de desconto TecMundo: