Não têm sido poucas as críticas que o Twitter vem recebendo a cerca de como eles lidam com os famosos trolls. Contudo, o microblog tem se desdobrado para resolver a maior parte dessas reclamações e para demonstrar isso. O CEO da empresa, Dick Costolo, postou, no início do mês, uma mensagem no blog da companhia assumindo toda a responsabilidade quanto a esses problemas.

Costolo afirmou que o Twitter não vai tolerar usuários abusivos, trolls ou quaisquer outros tipos tóxicos de mensagens. Para lidar com isso, o serviço anunciou novas ferramentas que vão ajudar a combater esse tipo de problema.

Segundo a postagem no blog da empresa, foram feitas melhorias na hora de relatar problemas de usuários e será possível informar ao Twitter se alguém está se passando por outra pessoa ou se os dados confidenciais e privados estão sendo compartilhados no serviço. Todos os usuários devem ter acesso a esses "nas próximas semanas”.

Punição?

O Twitter afirma que adicionará algumas "ações de execução" que poderão ser tomadas contra aqueles que forem pegos violando as regras do serviço. O microblog vê isso como uma pequena parte de um esforço a longo prazo para combater usuários tóxicos. Então, podem esperar mais mudanças nas regras de uso do site. 

Cupons de desconto TecMundo: