(Fonte da imagem: Reprodução/Blog Gerivaldo Neiva)

Segundo os meios de comunicação da Turquia, o governo turco levantou nesta quinta-feira (3) o bloqueio ao Twitter que havia imposto há duas semanas. O acesso à rede social havia sido obstruído pela Direção de Telecomunicações do país após o surgimento de mensagens que acusavam o primeiro-ministro Recep Tayyip Erdogan.

A medida se segue a uma resolução da Suprema Corte da Turquia, que afirmou na última quarta-feira (2) que o bloqueio do Twitter violava o direito de expressão. Uma semana após obstruir a rede social, o governo do país ordenou no dia 27 de março que o YouTube também fosse bloqueado por conta da difusão de vídeos que questionavam o regime.

A polêmica se intensificou por ter ocorrido dias antes das eleições municipais da Turquia, que aconteceram no domingo (30). Na disputa, os candidatos de Recep Tayyip Erdogan, o primeiro-ministro turco, receberam 45,5% dos votos, o que os colocou muito a frente do principal grupo de oposição, o Partido Republicano do Povo (CHP). Erdogan justificou a medidas de censura dizendo serem “mentiras e ataques contra a segurança” do país.

Cupons de desconto TecMundo: