(Fonte da imagem: Reprodução/Twitter)

O Twitter pode estar prestes a seguir por um caminho semelhante ao do Facebook no Brasil. Como parte de sua estratégia para ampliar o número de acessos mobile, a rede social está negociando com operadoras de telefonia uma redução de custo no acesso ao serviço por meio de celulares nacionais.

O diretor de operações do Twitter no Brasil, Guilherme Ribenoim, não citou as empresas envolvidas nas negociações e evitou se aproximar do modelo do Facebook, que tem um acordo com a TIM para prover acesso gratuito a seus serviços. Detalhes sobre os possíveis sistemas não foram revelados.

Publicidade e receita

O Twitter se instalou no Brasil há cerca de três meses com o objetivo principal de se aproximar de anunciantes e agências de publicidade. A empresa quer fazer com que empresas nacionais também invistam nas mensagens patrocinadas já largamente utilizadas no exterior para companhias que querem promover seus serviços além da base de seguidores própria.

Segundo a rede social, o Brasil tem a maior base de usuários em toda a América Latina. Números concretos sobre a utilização não foram revelados, mas o Twitter afirma que o país representa cerca de 16% do total de utilizadores globais da plataforma, que conta com cerca de 32 milhões de contas.

Cupons de desconto TecMundo: