Confira o mapa dos usuários do Twitter em Nova York. (Fonte da imagem: Reprodução/Eric Fischer)

Hora ou outra surgem novas aplicações e utilidades para as redes sociais. Entretanto, a que o pesquisador Eric Fischer encontrou para o Twitter não é nada parecida com o que vimos até agora. Ele rastreou o local de onde partiram mais de 1 milhão de tweets e criou mapas de cidades dos EUA e partes da Europa com os dados encontrados.

Assim, quanto mais forte é o traço em preto, mais pessoas estavam tweetando na hora em que as mensagens foram acompanhadas naquele local. Isso, segundo Fischer, poderia dar uma ideia para as companhias de urbanização e ajudá-las a planejar melhor as cidades. Ou seja, é possível saber onde há mais pessoas circulando e direcionar esforços para melhorar a estrutura em locais específicos.

Na galeria que segue, você pode conferir os mapas de rastreamento dos tweets no Reino Unido, Europa, Nova York, San Francisco e Chicago, nessa ordem. Além disso, é possível ver também todos os mapas criados por Fischer na sua conta no Flickr.

Cupons de desconto TecMundo: