Imagem oficial do perfil da IDF. (Fonte da imagem: Divulgação/IDF)

A guerra é um assunto recorrente nas redes sociais. Seja por meio dos perfis que narram fatos do passado em 140 caracteres ou pelo relato de testemunhas oculares nas zonas de conflito, a rede social sempre foi providencial devido à sua agilidade e abrangência. Essa, porém, deve ser a primeira vez que um órgão oficial vem a público narrar suas próprias ofensivas militares.

As Forças de Defesa de Israel, por meio de uma conta oficial, estão narrando todos os passos da operação Pilar de Defesa. Com os tweets, as Forças Armadas do país pretendem exibir a todos os resultados e operações das missões que têm como objetivo suprimir a presença terrorista na Faixa de Gaza e proteger os israelenses que vivem no local.

Por meio do perfil, a IDF já anunciou danos irreparáveis a estruturas militares na região, atacou o veículo de Ahmed Jabari, um dos líderes do Hamas na Faixa de Gaza, e anunciou ataques navais no local. Aproveitando-se do caráter despojado do Twitter, as Forças ainda fizeram um alerta: “Recomendamos que nenhum [terrorista] saia de seu esconderijo pelos próximos dias”.

Cupons de desconto TecMundo: