(Fonte da imagem: Nelson Jr./TSE)

Políticos apressados em conquistar o eleitor via redes sociais terão que esperar mais um pouco para começar a promoção. O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) determinou que os candidatos que fizerem propaganda via Twitter antes de 6 de julho, quando oficialmente começa a corrida pelas urnas em 2012, serão multados pela instituição.

A decisão recupera a estratégia das eleições presidenciais de 2010, quando o candidato a vice-presidente Índio da Costa, do PSDB, foi multado em R$ 5 mil por propaganda eleitoral fora de época. Qualquer perfil que não pertencer a um partido ou candidato pode postar qualquer tipo de conteúdo livremente.

Cupons de desconto TecMundo: