Ministro Paulo Bernardo fala em flexibilizar os prazos para desligar o sinal analógico no Brasil. (Fonte da imagem: Antonio Cruz/Agência Brasil)

O desligamento do sistema analógico de televisão no Brasil pode começar já em 2013. Quem afirma é o ministro Paulo Bernardo, das Comunicações, que garantiu ainda que o processo vai começar com testes em pequenas e médias cidades já no próximo ano.

“Vamos fazer os testes em meados do ano vem para ver as condições do apagão analógico, em pequenas e médias cidades, para depois ir para grandes cidades”, afirmou ao Estadão. Sem dar maiores informações sobre quais seriam os procedimentos, Bernardo garantiu apenas que a fase experimental começará em municípios menores para que seja possível a correção de possíveis falhas.

No plano original que implementou a TV digital no Brasil, a previsão era de que apenas em 2016 todo o sistema analógico de 700 MHz fosse desligado. A ideia agora, de acordo com o ministro, é tornar o prazo flexível. “Nossa ideia é flexibilizar este prazo, antecipá-lo em algumas regiões e cidades e até postergar em outras”, informou.

O ministro Paulo Bernardo justificou a medida afirmando ainda que o Governo Federal estuda a desoneração dos conversores de sinal digital para acelerar o processo. Segundo ele, não está nos planos do governo o desligamento do sinal digital enquanto ainda houver número significativo de aparelhos analógicos sendo utilizados no país.

Sai a TV analógica, entra o 4G

A faixa de 700 MHz, usada hoje pelo sinal analógico de TV, mas que deve ficar desocupada em breve, deve ser utilizada para a banda larga 4G. O leilão para a nova utilização da faixa deve ocorrer somente no segundo semestre de 2013.

Cupons de desconto TecMundo: