Tela de plasma, tela LED, tela OLED, tela curva e várias polegadas. Se você achou que as opções de displays estavam ficando limitadas, saiba que a Mitsubishi está trabalhando em algo chamado de "tela flutuante" — e o mais interessante disso é que ela age como se fosse um holograma.

Obviamente, não é algo que vemos nos filmes. Mas o sistema que a companhia está desenvolvendo projeta vídeos "no ar" e deve estar pronto para o mercado até as Olimpíadas de 2020, em Tóquio.

A "tela flutuante" funciona da seguinte maneira: um divisor de feixe e um painel reflexivo fazem o trabalho ao dividir os fótons, refletir e transmitir luz. Quando pareados de maneira correta, uma tela pode convergir a luz e formar uma imagem que parece flutuar. Veja com a empresa explicou em uma imagem.

Até agora, a Mitsubishi conseguiu desenvolver uma imagem diagonal de 56". Porém, "o principal problema com esta tecnologia é que as pessoas não estão acostumadas a focar os olhos em um espaço aberto, encontrando dificuldade para entender imagens aéreas", comentou a empresa em declaração.

É, meus amigos. O "futuro" está mais próximo do que imaginamos. Será que até 2025 teremos hologramas por aí?

Qual a próxima tecnologia em TVs? Comente no Fórum do TecMundo

Cupons de desconto TecMundo: