O Android conta com uma loja oficial de aplicativos, a Google Play, por meio da qual você faz compra, baixa e instala apps e jogos sem grandes dificuldades. O sistema, herança direta dos primeiros gerenciadores de pacotes dos sistemas Linux e que depois se tornou ainda mais popular com a App Store da Apple, é simples e eficaz.

Porém, existem outras formas de instalar aplicativos em seu Android, seja usando lojas extraoficiais como as da Amazon e da Humble Bundle e também caçando e baixando arquivos individuais de instalação. Em todos os casos, você tem acesso aos aplicativos APK, que seriam para o equivalente de Android ao EXE do Windows.

Manter esses arquivos pode ser útil por vários motivos: ter acesso a versões antigas de aplicativos e se livrar de novidades indesejadas, instalar aplicativos que não estão disponíveis na sua região e também fazer uso de versões de teste antes de elas serem oferecidas no canal oficial da Google.

1. Usar um gerenciador de arquivos no Android

Se você pretende lidar com arquivos APK, ter um gerenciador de arquivos competente no Android é indispensável. Se possível, usar um gerenciador de arquivos especializados em Android seja uma opção ainda mais considerável.

Dos gerenciadores convencionais, as melhores dicas são ASTRO File Manager e ES File Explorer.

Entretanto, se você busca algo específico para APKs, a melhor opção é o AppWererabbit. Com ele, você pode extrair o arquivo APK de apps já instalados em seu dispositivo, além de fazer backup, importar e organizar os elementos nesse formato.

Outra opção boa, mas sem tantos recursos, é o App Backup & Restore. Ele é focado em fazer backup dos APKs e pode enviar tudo para um local remoto de uma forma prática, seja por Bluetooth, Gmail, Google Drive, Dropbox ou outros aplicativos do gênero, inclusive mensageiros instantâneos.

2. Usar um gerenciador de arquivos no computador

Caso você queira usar o seu computador com Windows como auxílio para organizar tudo, você deve ter um programa capaz de facilitar o processo. O melhor deles é, provavelmente, o APK File Manager, que vasculha o sistema em busca de arquivos APK, reúne tudo em um mesmo local e renomeia os arquivos para facilitar sua interpretação.

O processo é simples: clique em “Load” para indicar o local a ser vasculhado e veja os resultados irem aparecendo na tela; depois, selecione o destino de tudo na pasta “Output” e pressione o botão “Go!!!” para mover os arquivos para lá. O resultado final é tudo organizado dentro de subpastas para simplificar sua vida na hora de encontrar alguma coisa.

3. Usar um serviço para encontrar APKs

Para gerenciar arquivos é preciso ter, antes de qualquer coisa, os arquivos! Então, se você quer entrar (ou se aprimorar) nesse ramo, a dica é o serviço APK Downloader. Nele, basta colar a URL do app na Google Play para gerar o link de download. Depois, é só clicar para baixar e ter o APK em suas mãos.

Agora é só combinar os arquivos com os aplicativos indicados acima para aproveitar tudo o que os APKs podem oferecer.

Cupons de desconto TecMundo: