(Fonte da imagem: Reprodução/CNET)

O Japão colocou recentemente um novo trem-bala em operação. Embora o design chame a atenção, o que realmente impressiona é a velocidade operacional do Super Komachi: 300 quilômetros por hora, devendo em breve chegar a 320 quilômetros por hora — ganhando, portanto, o posto de trem comercial mais rápido do mundo.

O novo modelo é mostrado, na foto acima, atendendo a um terminal que, diariamente, movimenta 380 mil pessoas — o que levou a operadora JR East a aumentar a segurança. O Super Komachi ocupará a linha Akita Shinkansen, que atende a porção norte do Japão.

Aerodinâmica com estilo

A fim de reduzir a pressão aerodinâmica sobre a superfície do trem — em trajetos dentro de túneis, por exemplo —, o Super Komachi apresenta um “nariz” com mais de 12 metros, o que também reduz os ruídos. Além disso, a suspensão ativa do trem diminui drasticamente as vibrações no interior da cabine.

(Fonte da imagem: Reprodução/CNET)

A propósito, o aporte criativo/funcional do novo trem também pode ser confirmado no seu interior. Há displays de LED coloridos constantemente atualizados com informações sobre a viagem, além de espaços amplos dedicados a passageiros em cadeiras de rodas.

O acabamento externo do Super Komachi, naturalmente, não foi concebido ao acaso. De fato, a inspiração para a predominância do vermelho veio das namahage, máscaras folclóricas representando ogros. O próprio nome do trem tem origem histórica, remetendo a Ono no Komachi, poetiza de beleza lendária que teria nascido em Akita há 1200 anos.

Um convite rápido e seguro ao turismo

Com sua velocidade operacional assombrosa, o Super Komachi deve encurtar a viagem entre Tóquio e Morioka em aproximadamente 15 minutos. De acordo com a JR East, a ideia é também “inspirar” as pessoas a visitar o norte do Japão — particularmente, as várias porções que ainda se recuperam do terremoto e do tsunami ocorridos em 2011.

(Fonte da imagem: Reprodução/CNET)

E caso você esteja se perguntando sobre o risco em potencial de se transportar dezenas de corpos humanos a velocidades superiores a 300 quilômetros por hora, as estatísticas certamente servem para acalmar. O transporte por meio de trens-bala permanece como o mais popular no Japão para grandes distâncias. Considerando-se a linha Tokaido Shinkansen, foram 50 anos de serviços sem fatalidades ou injúrias.