(Fonte da imagem: DubaiMetro .eu)

Dubai é, sem sombra de dúvidas, uma das cidades que mais cresceram nos últimos anos, graças à enorme quantidade de milionários habitando a área. Mais do que isso, suas construções incríveis (para não dizer excêntricas) atraíram um enorme número de turistas, o que aumentou ainda mais as riquezas do local. Mas ele não estava preparado para um número tão grande de pessoas, o que o tornou um dos lugares com os maiores congestionamentos da história.

Para contornar esse problema, Dubai ganhou uma linha de metrôs. Mas não pense que elas podem ser comparadas aos que encontramos no Brasil ou em qualquer outro lugar do mundo: esse metrô é um reflexo de toda a riqueza da cidade, com tudo que alguém poderia desejar em um sistema de transporte público. Confira logo abaixo algumas das características que mais provam que o metrô de Dubai é o mais luxuoso do mundo.

Luxo e conforto

Ampliar (Fonte da imagem: DubaiMetro .eu)

O primeiro destaque das linhas de metrô de Dubai fica evidente assim que se entra no trem: muito espaço, assentos acolchoados e com encostos altos, apoios para braço individuais e até mesmo mesinhas para acomodar bolsas e afins (mas nem pense usá-la para comer, é proibido se alimentar no veículo ou na estação). E, como não poderia faltar em qualquer construção da cidade, um sistema de ar-condicionado em todos os vagões.

Vagão especial

Diferente dos metrôs encontrados na maior parte do mundo, as linhas de Dubai contam com um vagão especial, além dos comuns, que é dividido em duas cabines diferentes:

  • Women & Children Cabin: área exclusiva para mulheres e crianças, além de portadores de necessidades especiais;
  • Gold Class Cabin: área para quem busca por maior luxo, com bancos de couro, carpete e um design especial.

Ampliar (Fonte da imagem: DubaiMetro .eu)

Se você está se perguntando qual o preço para ter acesso ao vagão especial, vale avisar que a entrada do vagão VIP é três vezes mais cara que a comum. Mesmo assim, você provavelmente não vai ligar de fazer tal investimento, pois o preço dessa entrada é de apenas 6 dirhams (aproximadamente 3 reais), muito menos do que pagamos hoje para usar os sistemas de transporte em boa parte do Brasil.

Segurança em primeiro lugar

Quem já foi vítima de um assalto ou roubo em um transporte público pode se sentir completamente protegido dentro do metrô de Dubai. Isso porque há um sistema de milhares de câmeras atentas a qualquer acontecimento tanto no veículo quanto na estação, acionando uma brigada policial dedicada exclusivamente à linha no caso de qualquer problema.

A segurança da linha não se resume a apenas isso, mas também à saúde de todos os passageiros: sistemas de detecção percebem qualquer perigo em potencial causado por obstáculos na pista, diminuindo a velocidade (ou até mesmo parando) para evitar acidentes. E tudo isso automaticamente, sem a necessidade de maquinistas.

Qualidade também nas estações

Ampliar (Fonte da imagem: DubaiMetro .eu)

As estações das linhas de metrô de Dubai são um show à parte, cada uma delas com uma arquitetura própria, mas todas impressionantes. Elas também assustam pelo tamanho: os locais são enormes, lembrando mais um shopping ou um aeroporto. É nessa linha também que está a maior de todas as estações subterrâneas já projetadas, a Union Square, com 67.000 m².

.....

Ao comparar esse metrô com os de outros países, uma análise superficial pode aparentar poucas diferenças, já que outros trens também possuem características semelhantes a ele. Mas nenhum outro une todas essas características de forma semelhante à linha de Dubai, oferecendo altíssima qualidade a um preço extremamente baixo.

Enquanto isso, países como o Brasil simplesmente carecem de boa parte dessas características, mesmo cobrando valores absurdamente maiores que aqueles praticados na cidade árabe. Agora, fica a pergunta: será que um dia teremos um sistema de transporte público como o de Dubai? Ou será que algo assim é uma exclusividade da rica cidade? “Façam suas apostas” nos comentários e fiquem ligados no Tecmundo para saber mais do luxo e da tecnologia.