As viagens de trem pela China acabam de ficar ainda mais rápidas. O país asiático estreou no mês de dezembro seu mais novo trem-bala, capaz de atingir velocidades de até 500 km/h. O número, entretanto, não faz dele o mais rápido do mundo, já que um modelo francês da TGV atinge a marca de 515 km/h.

Com design inspirado nas espadas dos ancestrais chineses, o transporte pertence à companhia CSR Corp LTDA e é parte de um projeto nacional de modernização da frota ferroviária chinesa. O trabalho contou com o apoio do Institute of Mechanics, da Chinese Academy of Sciences, da China Academy of Railway Sciences e das universidades Southwest Jiaotong, Beijing Jiaotong, e Tongji.

Apesar da possibilidade de chegar a 500 km/h, o transporte deverá circular em velocidades um pouco abaixo do limite máximo, por medidas de segurança. "Nós visamos garantir a segurança da operação de trens", afirmou Zhao Xiaogang, presidente da CSR, ao Beijing Morning News.