O Ministério do Planejamento (MP) lançou nesta segunda-feira (13) um serviço chamado “TáxiGov”, que é basicamente uma versão governamental do Uber ou do 99 Táxis. Em um primeiro momento, apenas servidores da Secretaria de Gestão do dito ministério vão usar a ferramenta para se locomover a trabalho dentro do Distrito Federal. Em breve, entretanto, espera-se que todos os departamentos da esfera federal possam utilizar o app para chamar táxis.

Segundo o MP, o software tem o potencial para gerar uma economia de R$ 20 milhões ou 60% do valor que é pago hoje a motoristas particulares que transportam os servidores federais em Brasília. O serviço agora será prestado por taxistas cadastrados, e os passageiros poderão avaliar o carro e o motorista depois da viagem. Eles também receberão comprovantes por email.

O TáxiGov está disponível nas lojas de apps do Android, iOS e Windows Phone, mas também poderá ser utilizado pelo computador através do navegador ou mesmo pelo telefone. Nos smartphones, será possível agendar corridas e ver o trajeto percorrido antes e depois de o passageiro embarcar, praticamente como vemos no Uber e no 99 atualmente.

Ainda não se fala na implementação do TáxiGov em outras localidades além do DF, mas o MP espera que, até o início de 2018, toda a administração pública federal em Brasília já conte com o serviço.