Sinta a textura

Esta semana a Microsoft preencheu a requisição de patente para o que chamou de “touchscreen tátil”. Diferente das tentativas de outras companhias para criar uma tecnologia similar, o modelo da empresa de Bill Gates gera uma textura real na superfície da tela. A intenção inicial da empresa é utilizar a nova invenção no Surface – uma espécie de “mesa touchscreen” –, mas nada impede de que a tecnologia seja usada também em smartphones, por exemplo.

Segundo o criador, Erez Kikin-Gil, a tela seria feita com células plásticas sensíveis a luz. Dessa forma, os pixels atingidos por raios ultravioletas deixariam a tela com uma textura macia ou rugosa – dependendo do comprimento de onda que incidisse sobre ela. Em outras palavras, as imagens exibidas no Microsoft Surface ganhariam textura real.

As tentativas de empresas de comunicação como Nokia, Disney Research e Senseg usam uma tecnologia diferente, capaz de somente simular a sensação de textura. Isso é possível porque são usados diferentes frequências de som para gerar vibração na tela. Contudo, o problema de usar ondas sonoras é que algumas dessas frequências são audíveis, isto é, você ouviria ruídos ao tocá-la.

A capacidade de gerar textura real facilitaria muito a digitação em telas touchscreen, pois você conseguiria sentir o teclado ao escolher os caracteres. Segundo Patrick Baudisch, envolvido no projeto inicial do Microsoft Surface, isso eliminaria a necessidade dos teclados que ainda existem em muitos smartphones.

Cupons de desconto TecMundo: