Depois da criação de um mouse para pessoas com problemas nos membros superiores - o qual substituía os dedos das mãos pelos dos pés -, chegou a vez de criarem uma espécie de tela multitouch baseada nesse conceito.

Ela reconhece o usuário de acordo com a sola dos seus sapatos e diferentes posicionamentos dos pés executam variados comandos (como abrir um teclado virtual ou menu de contexto). Caso uma nova sola seja identificada, a superfície pede para o usuário se identificar de acordo com os usuários já registrados (afinal, as pessoas não usam sempre os mesmos sapatos).

O projeto está sendo desenvolvido pelo Professor Patrick Baudisch, em parceria com o “Human-Computer Interaction Group” (Grupo de Interação Homem-Computador), no Hasso Plattner Institute. De acordo com eles, o aparelho usa a “reflexão interna frustrada total” por causa de sua capacidade de sentir a pressão aplicada numa superfície.

Outro incentivo para levar o projeto adiante foi o fato de computadores tabletop (como o Microsoft Surface) serem limitados ao tamanho do braço de uma pessoa. Ou seja, a superfície nunca seria útil caso o usuário não pudesse alcançar com facilidade o que deseja. Portanto, uma superfície na qual você pode andar seria a chave para a criação de aplicativos que fossem “além do alcance dos braços”.

Outras finalidades

Como você pode ver no vídeo acima, uma das utilidades para o Multitoe Floor seria controlar os personagens de jogos com maior liberdade. Deixando a imaginação voar, isso seria comparável com controlar seus personagens como se fossem carros. Ou melhor, o aparelho poderia ser o complemento para o Project Natal, pois aumentaria a precisão da captura dos movimentos feitos pelos membros inferiores.

Ainda na área dos jogos, caso a superfície seja resistente o suficiente e não seja prejudicada pelo suor do usuário, jogos como Pump It Up e Dance Dance Revolution poderiam proporcionar um novo tipo de experiência ao jogador. Afinal, o “tapete de dança” não escorregaria e também não teria parafusos e barras laterais para prejudicar os passos e manobras.

O que acha desta novidade? Você a usaria para substituir o mouse e o teclado? Algum jogo, em sua opinião, seria perfeito para incorporar a tecnologia?

Cupons de desconto TecMundo: