As câmeras integradas aos celulares estão cada dia mais avançadas. Elas, que já foram limitadas às resoluções VGA, atualmente conseguem capturar imagens com dezenas de megapixels e qualidade que bate de frente com muitas câmeras digitais compactas. Mas há alguns detalhes relacionados à gravação de vídeos que ainda formam um grande desafio para as fabricantes.

Um desses desafios é relacionado às frequências, principalmente as relacionadas às filmagens em câmera lenta. Poucos são os aparelhos que garantem a gravação de vídeos em boas resoluções, quando as imagens são capturadas em mais de 30 frames por segundo. Mas a Toshiba acaba de revelar uma tecnologia que pode modificar esse cenário, permitindo resultados bem interessantes.

CMOS Bright Mode

Trata-se de um novo sensor CMOS com tecnologia “Bright Mode”. A principal promessa desse novo sensor é a de capturas mais poderosas, garantindo até 240 frames por segundo, em resoluções que chegam aos 1080p (Full HD). Isso quer dizer que existe uma grande quantidade de imagens sendo mostradas a cada segundo, garantindo muito mais qualidade na reprodução de filmes em câmera lenta.

(Fonte da imagem: Reprodução/PhoneArena)

Esse sistema também aumenta a carga elétrica de cada pixel capturado nas filmagens, garantindo até quatro vezes mais luminosidade do que sensores comuns. Isso é ideal para garantir que os filmes não sejam criados com ruídos e outros problemas que podem surgir em ambientes mais escuros. Em filmagens com resolução interlaçada isso pode garantir também menores quedas na taxa de frames.

A Toshiba garante que os sensores com Bright Mode devem estar disponíveis a partir do primeiro trimestre deste ano, mas ainda é impossível dizer se veremos essa tecnologia em algum smartphone tão cedo. Será que alguma fabricante de portáteis vai investir na novidade apresentada pela empresa japonesa?

Cupons de desconto TecMundo: