(Fonte da imagem: Divulgação/OCZ)

Por muitos anos os consumidores de eletrônicos de todo o mundo estiveram acostumados a utilizar computadores com discos rígidos comuns — aqueles com várias peças mecânicas, que são conhecidos pela maioria como HDs. Já em anos mais recentes, algumas empresas trocaram esse tipo de tecnologia pela presente nos SSDs, os drives de estado sólido que utilizam memória Flash para armazenar dados.

Mas por mais que esse segmento esteja evoluindo, nem todas as empresas do mercado conseguem manter suas fábricas em funcionamento. Um desses casos é a OCZ, que chegou a entrar com pedido de falência recentemente. A fabricante californiana começou a operar em 2002 e agora afirma que não terá mais como dar prosseguimento às atividades de sua divisão especializada em SSDs.

Só que antes do processo de falência ser consolidado, a Toshiba entrou em cena para mudar a história. Para isso, a empresa japonesa irá investir um total de US$ 35 milhões nos ativos da OCZ, adquirindo assim toda a divisão de SSDs dela. A Toshiba afirma que os primeiros passos da nova direção serão relacionados à consolidação do NAND e o suporte aos consumidores “existentes e futuros” durante o período de transição.

Diversos computadores fabricados pela Toshiba já são vendidos com a tecnologia SSD e é possível que isso torne-se mais barato a partir de agora. Não há grandes detalhes sobre como os drives de estado sólido serão negociados até agora e também não foram reveladas informações referentes acerca da manutenção dos atuais gerentes e colaboradores da OCZ.

Cupons de desconto TecMundo: