Você deve utilizar com alguma frequência o serviço de torrents, uma das formas mais populares de se conseguir arquivos da internet atualmente. Além disso, está cada vez mais comum a utilização de smartphones, que conseguem até substituir outros eletrônicos. Eles já fotografam, sintonizam rádios e até realizam funções antes exclusivas dos computadores, como navegar pela internet. É a mobilidade de um portátil o que mais atrai os novos usuários.

Imagine então uma combinação entre o torrent e a capacidade de acessar o meio digital em qualquer lugar por seu celular. Com algumas dicas e softwares, é possível saber qual a situação dos downloads em seu PC de mesa através de um celular, além de pausar, pesquisar ou adicionar tarefas.

Antes de começar

O primeiro passo é ter em seu desktop e conhecer bem um programa que consiga baixar os arquivos de torrent. No Baixaki, você encontra um grande número de aplicativos que fazem essa função no Windows, mas recomendamos o uTorrent por sua eficiência e facilidade de uso.

Agora é a hora de preparar seu celular e transformá-lo na central de comando de seus downloads. Os casos são bem diferentes, de acordo com o software escolhido e o modelo do seu aparelho. Vamos tratar do iPhone e dos portáteis que utilizam o sistema Android.

iPhone

A Apple possui um forte esquema de segurança em sua App Store contra aplicativos que trabalhem com torrent. O IS Drive é um forte exemplo: ele ficou disponível para uso por menos de uma semana, mas foi prontamente removido pela empresa por utilizar o formato para baixar arquivos. Muitos outros softwares tentam ser aprovados, mas fazer uso da plataforma BitTorrent é oficialmente proibido no iOS.

Apesar das tentativas da companhia, há algumas brechas nessa disputa. A maneira mais comum de driblar a segurança é através de interfaces para a web que, instaladas no seu computador e acessadas pelo dispositivo móvel, permitem que você apenas controle os torrents pelo celular.

O mais recomendado é utilizar o uTorrent Web, que exige apenas o download de uma versão Alpha do software (que é praticamente igual às demais e está disponível neste link) e a criação de uma conta compartilhada entre os aparelhos. Clique no botão abaixo para acessar a página!

No uTorrent, vá em Opções > Preferências e marque a caixa "Enable uTorrent Web Access". Depois é só criar um usuário e senha para usá-lo no seu iPhone. Ao deixar o programa de torrent aberto no seu computador, acesse a página da web através do celular e faça o login. Pronto! Você pode observar, pausar e até adicionar downloads como quiser. Ainda assim, não é possível baixar algo diretamente para o portátil.

Rota de fuga

Uma alternativa mais complicada torna-se acessível após você apelar para o jailbreak, o desbloqueio que libera o usuário a baixar aplicativos que não sejam licenciados pela Apple. Através do Cydia, o instalador alternativo do iPhone, novos programas tornam-se disponíveis tanto na área de gerenciamento quanto na de downloads por torrent.

Um dos softwares que baixa arquivos no próprio celular é o Torrent Downloader Safari Plugin, que se integra ao navegador do aparelho e é de uso relativamente simples. Além dele, outra opção é o Torrentula, uma interface gráfica que funciona como complemento ao Enhanced CTorrent, que é o verdadeiro aplicativo de downloads. Todos podem ser encontrados pelo sistema de buscas do Cydia.

Android

Usuários de Android não possuem tantas complicações com os programas de torrent, pois o OS da Google não possui uma política tão rígida quanto o da Apple. Uma boa opção de gerenciador é o Transdroid, que é compatível com qualquer sistema operacional do seu PC e com diversos programas de torrent. Clique no botão abaixo para baixá-lo.

Com ele, você pode iniciar, pausar, utilizar uma busca em sites de compartilhamento e até criar um feed RSS para receber apenas os seus arquivos favoritos. Se você está utilizando o uTorrent, vá em Options > Preferences > Web UI. Marque a caixa “Enable Web UI” e crie um nome de usuário e senha. Além disso, coloque o número 8080 na porta e não se esqueça desses dados.

Para ter certeza de que o cadastro foi feito com sucesso, entre no seu navegador com o endereço http://localhost:8080/gui/. O Web UI de seu aplicativo deve aparecer após você digitar os dados.

Agora você precisa liberar a porta 8080 em seu roteador. O Tecmundo possui um guia de instruções que simplifica essa configuração. Clique aqui para acessá-lo!

Com a porta aberta a qualquer tráfego externo a partir do IP do seu computador, o software já está pronto para ser gerenciado remotamente. Lembre-se de deixar sempre o uTorrent ativo no desktop para que o aplicativo do Android funcione.

Por último, instale o Transdroid no seu celular. Agora vá em Settings > Add a server para configurar o servidor de transferência. Coloque as informações necessárias, como seu IP e a porta anteriormente configurada.

Marque a opção “Enable authentication” e preencha o nome de usuário e senha criados anteriormente. Feche a janela de configurações, reinicie a conexão do seu computador com a internet e vá até a janela inicial do software para conferir seus downloads.

Com as devidas modificações entre softwares e aparelhos, esse é o processo básico para conectar o computador de mesa com um smartphone não só nesse softwares, mas em muitos outros.

O bom e velho uTorrent

Outra alternativa é o próprio uTorrent Web, que também possui uma versão para o OS da Google. O sistema é o mesmo utilizado no iPhone: baixar a versão Alpha, criar uma conta e logar através do dispositivo móvel para observar quanto falta para aquele seu download terminar. Clique abaixo para acessar a loja do Android e obter o serviço, que é de graça.

Plano B

O Android possui ainda outros aplicativos similares que contam com uma curiosa função, além do gerenciamento: através do leitor de código de barras, o ShopSavvy, o BarTor e o Torrent-fu  são capazes de pesquisar automaticamente a qual produto pertence o código para indicar um torrent do arquivo na web.

O Torrent-fu em funcionamento. (Fonte da imagem: Enfew)

Tudo configurado

Pronto! Com essas dicas, agora você é a capaz de verificar não só se você recebeu um email ou um recado em redes sociais, mas também se aquele download que você deixou fazendo já foi finalizado ou está com problemas na transferência.

Cupons de desconto TecMundo: