Feross Aboukhadijeh é um prodigioso estudante da Universidade de Stanford que acaba de lançar um novo projeto: o WebTorrent. Ele funciona como client de torrent normal, só que diretamente através do seu navegador web, sem a necessidade de baixar um software para que as transferências aconteçam.

Escrito completamente em JavaScript e utilizando o WebRTC para as conexões peer-to-peer, Aboukhadijeh criou o Instant.io para que as pessoas possam testar a tecnologia: basta acessar o site, colar uma hash ou o link magnético de algum torrent para ver como o novo protocolo funciona – e pode ser em praticamente todos os navegadores.

A estrutura por trás do WebTorrent

Descentralizando a internet

A estrutura por trás do WebTorrent é utilizada por alguns sites focados na transferência direta de arquivos entre pessoas, como o FilePizza. A ideia é ambiciosa e vai além do simples compartilhamento de arquivos: o criador explica que o objetivo é "descentralizar a internet", através da hospedagem de conteúdo de sites.

Sendo assim, quanto mais pessoas acessassem uma determinada página, elas compartilhariam as informações e os arquivos contidos nela, tornando-a mais rápida e mais resiliente, além de eliminar a relação cliente/servidor que é a base da navegação da atualidade.

Aboukhadijeh explica ainda que sites sem fins lucrativos, como o Wikipedia e o Internet Archive, poderiam reduzir os custos de uso de banda e hospedagem, já que os conteúdos desses sites seriam hospedados e compartilhados pelos próprios usuários.

O que você acha da ideia por trás do WebTorrent? Comente no Fórum do TecMundo

Cupons de desconto TecMundo: