(Fonte da imagem:Tribler)

Pesquisadores da Universidade de Tecnologia Delft trabalham no desenvolvimento de um programa que deve revolucionar o compartilhamento de arquivos. A ideia é garantir o anonimato de cada pessoa que faz parte da rede, de forma que todos poderiam ter a sua privacidade respeitada.

O número de pessoas que utilizam os softwares para o download de torrents, os chamados clientes, aumenta sem parar. No mesmo ritmo acelerado, cresce também a preocupação com a integridade de seus dados e informações.

Atentos a isso, os pesquisadores chegaram à conclusão que os programas atuais não trazem configurações em número satisfatório para manter o anonimato de quem compartilha os arquivos com outras pessoas. A ideia é mudar esse cenário, alterando de forma definitiva o padrão de funcionamento dos clientes de torrents.

Melhorando o que já é diferente

O atual programa desenvolvido por eles, o Tribler, já funciona de maneira diferenciada. O software trabalha de forma decentralizada, ou seja, a troca de arquivos é feita totalmente entre usuários, sem a necessidade de um servidor baseado em algum lugar para funcionar. É o chamado peer-to-peer “puro”, no qual todo o escopo de pessoas está realmente conectado entre si.

Agora, eles querem fazer com que o aplicativo também permita que as pessoas tenham o seu anonimato garantido. A ideia é utilizar um proxy que trabalhe como um intermediário, criando um filtro e um cache de todos os conteúdos. Isso beneficiaria não só a segurança das pessoas, mas também poderia deixar a troca de informações ainda mais rápida.

Segundo o artigo publicado no TorrentFreak, a equipe de desenvolvimento do Tribler trabalha forte no programa, que deve ser relançado cheio de novidades dentro de, no máximo, dois ou três meses.

Fonte: TorrentFreak e DVICE

Cupons de desconto TecMundo: