Chefão da Huawei afirma que Tizen não tem nenhuma chance de sucesso

1 min de leitura
Imagem de: Chefão da Huawei afirma que Tizen não tem nenhuma chance de sucesso
Avatar do autor

Richard Yu, presidente da Huawei, concedeu recentemente uma entrevista ao jornal americano Wall Street Journal em que afirma que não há planos da empresa trabalhar com o sistema operacional Tizen, desenvolvido pela Samsung. O motivo? “Não há chance de ser bem-sucedido”, disse ele.

Segundo o executivo, algumas redes de telefonia chegaram a pedir para que a Huawei desenvolvesse smartphones com o sistema operacional. Entretanto, a empresa já havia tomado sua decisão de abandonar o Tizen, já que havia uma unidade de pesquisa dedicada a ele, mas que acabou sendo desativada.

Windows Phone fora dos planos

A Huawei perdeu dinheiro nos dois anos que comercializou a série W, equipada com Windows Phone, afirmou o presidente. De acordo com ele, foi difícil convencer os clientes a comprar um smartphone com o sistema operacional e é por isso que o SO da Microsoft está descartado, por enquanto.

Yu não citou outros sistemas, como Firefox OS ou Ubuntu Mobile, mas disse à publicação que o Android  é o único sistema com que eles estão trabalhando. Questionado sobre o excesso de confiança na Google, Yu apenas limitou-se a dizer que “não tem escolha”.

Yu afirmou que mantém uma boa colaboração com o Gigante da Internet. Quanto a um sistema próprio, o presidente da Huawei disse que é fácil projetar um sistema operacional, mas o problema é a construção do ecossistema ao seu redor.

...

O TecMundo quer saber: você compraria um smartphone Tizen? Deixe seu comentário.

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Chefão da Huawei afirma que Tizen não tem nenhuma chance de sucesso