A Symantec está alertando para um problema dentro do aplicativo de namoro Tinder: crackers estão colocando bots dentro app que exigem um processo de verificação para usuários reais do site. O processo, que é falso, pede dados de cartão de crédito para identificar a conta e, dessa maneira, acaba roubando essas informações.

Além de roubar os dados sigilosos, os bots também inscrevem as contas reais de usuários em sites de pornografia, realizando assinaturas que, posteriormente, geram cobranças. Os sinais para descobrir quais perfis são bots, são óbvios:

  • Fotos sensuais ou de modelos internacionais 
  • Falta de descrição em perfil
  • Conversas desconexas 
  • Exigência de informações pessoais
  • Envio de links para clique

A Symantec detectou 13 variações de fraude com o mesmo método — enviar o golpe durante uma conversa simulada com um usuário real. Caso você insira os seus dados, você é registrado automaticamente em um site pornográfico que gera cobranças de US$ 118 após 90 dias.

A equipe do Norton alerta que, caso você encontre algum desses bots, é necessário denunciar o perfil dentro do próprio aplicativo.

Cupons de desconto TecMundo: