É possível que você já tenha visto nos comentários do TecMundo leitores demonstrando com orgulho o fato de poderem utilizar o plano Beta, da operadora TIM. Entretanto, ter acesso a ele não é tão simples quanto chegar em uma loja e fazer a contratação do serviço. É preciso interagir com a empresa no Facebook e torcer para encontrar alguém que o indique para o plano.

Além disso, segundo a empresa, existem outras vantagens exclusivas que fazem com que o plano seja um dos mais interessantes para o consumidor que busca opções com tarifas de pré-pago. Chegou a hora de conhecer um pouco mais sobre o disputado plano da TIM. Será que vale a pena se esforçar para correr atrás dele?

Quando surgiu o plano TIM Beta?

O plano Tim Beta foi lançado em 2010 e na época foi feita uma grande ação no Orkut para atrair consumidores. A ideia inicial era formar uma comunidade de pessoas que teriam acesso a versões Beta de serviços da TIM, testando primeiro as novidades. A ação deu certo e durante um ano o plano se manteve desta forma. Em 2011, o Tim Beta foi oficializado e desde então foram criadas novas metodologias para que os usuários pudessem ter acesso ao serviço.

Embora não divulgue oficialmente quantos usuários hoje participam do programa, a TIM ressalta que o Beta sempre teve uma aceitação muito grande por parte do público. “É muito importante para o sucesso do plano deixar o público jovem opinar em todo o desenvolvimento da oferta, inclusive, na tarifação”, explica a empresa.

Crescimento e boa receptividade

O chip Beta é hoje um “objeto de desejo” entre o público-alvo. Segundo a empresa, os  milhões de jovens que conectaram com o seu perfil nas redes sociais ao site TIM Beta estão em busca de amigos que os convidem para a entrada no plano. “Naturalmente, o nosso objetivo é que esse desejo seja cada vez maior, porém, não temos uma preocupação direta com o crescimento de demanda pelo plano, uma vez que a oferta é para um público muito específico, que busca por diferenciais e está aberto à experimentação de produtos Beta”, afirma a companhia.

Um dos últimos casos dessa colaboração foi o Blah (aplicativo da operadora que reúne os serviços de voz, mensagens, videochamadas e ligações via VoIP), em que um grupo de clientes beta teve a oportunidade de experimentar o app em primeira mão e contribuir para sua melhoria. “Esse é um dos grandes diferenciais do plano, que não tem igual nas ofertas existentes no mercado: permitir aos clientes experimentar os nossos produtos em sua versão Beta  e aplicar as propostas de melhorias”, defende a TIM.

Diferenciais do plano

Além das tarifas diferenciadas, o TIM Beta antecipa lançamento de produtos TIM para seus clientes, como o caso já citado do blah (durante dois meses, mais de 24 mil clientes TIM beta conheceram o produto em primeira mão e realizaram testes com o app), promove experiências exclusivas, como a visita de alguns betas à sede do Google, na Califórnia, e, em parceria com o Queremos! – uma plataforma inovadora de promoção de eventos  – e convites para shows de bandas com perfil Beta.

Em relação às tarifas, os usuários possuem chamadas ilimitadas para qualquer TIM do Brasil (com uso do código 41) e acesso ilimitado à internet por apenas R$ 0,25 ao dia por cada serviço e envio de torpedos ilimitados para qualquer operadora por R$ 0,50/dia.

Como funciona o Blablablâmetro?

O Blablablâmetro é um game social que dá vantagens para os clientes que mais utilizam os serviços disponíveis no plano, como voz, SMS e uso de redes sociais pelo celular. O jogo define quem vai se tornar ou deixar de ser um Beta Lab, que são os clientes que podem distribuir convites aos amigos para aderir à comunidade e ainda têm benefícios diferenciados, de acordo com o perfil de uso do celular.

A cada rodada (período de três meses), é medido o nível de interação do participante no TIM beta e em suas redes sociais e seu uso em chamadas e SMS. Quanto mais redes sociais conectadas, mais chances de se tornar um Beta Lab, que são os clientes que atingem 4 mil pontos. Quem não conquista o mínimo de pontos exigido pode disputar uma nova rodada para se recuperar. O status muda de acordo com a atividade no jogo e os pontos são zerados. Assim, as chances são iguais para todo participante.

Além do “poder” de distribuir chips para os amigos em períodos determinados, os Beta Labs contam com tarifas diferenciadas, escolhidas pelos próprios. Eles decidiram ter mensagens de texto ilimitadas para qualquer operadora por R$ 0,25 por dia de uso, por exemplo, em vez dos R$ 0,50 diários cobrados para os demais clientes Beta.

Como é o processo de pedir um chip?

Se você ficou interessado na proposta, aí vai um passo a passo. Primeiramente é preciso acessar o site Tim Beta e clicar em “Pedir um chip”. Você será direcionado para um aplicativo no Facebook e deve autorizar o uso. Em seguida, na página do Tim Beta, será exibida uma lista com os seus amigos que já possuem acesso ao plano.

O que você deve fazer em seguida é pedir para um dos seus amigos Beta Lab um convite. Caso receba um convite, basta fazer um cadastro final do site e aguardar a chegada do seu novo chip pelos Correios. Depois que ele chegar, quanto mais você usar o serviço, mas chances você ganha de se tornar um usuário Beta Lab e, assim, poderá convidar outras pessoas.

Cupons de desconto TecMundo: