Abreu atuou por mais de 20 anos no mercado da tecnologia da informação. (Fonte da imagem: O Globo)

Em evento realizado nesta quinta-feira (07), o Conselho de Administração da TIM elegeu Rodrigo Abreu como presidente da segunda maior empresa de telefonia móvel do país. O italiano Andrea Mangoni, que chefiou a companhia durante 2012 e renunciou a presidência na última terça-feira (05), agora cede lugar ao brasileiro, que vai assumir oficialmente o cargo em 04 de março.

Depois de passar por um ano delicado, marcado por problemas regulatórios e pela desaceleração na receita de serviços, a Tim deixou alguns acionistas aliviados com a eleição de Abreu. Apesar de não ter experiência ligada estritamente ao setor de telefonia móvel, o novo presidente da empresa trabalhou por mais de 20 anos no ramo de fornecimento de tecnologia da informação e do setor de telecomunicações.

“Acho que ele (Abreu) vai dar uma inserção melhor da TIM no mercado, tanto em liderança como em possibilidade de relacionamento mais amplo até com a Anatel. Não veio um daqueles figurões tradicionais do setor, e sim um sujeito da indústria”, disse o presidente de consultoria especializada Teleco, Eduardo Tude, em entrevista à Reuters Brasil.

Um nome de peso

Formado em engenharia elétrica pela Universidade Estadual de Campinas e dono de um MBA pela Stanford Graduate School of Business, Rodrigo Abreu liderou a Cisco do Brasil durante mais de cinco anos.

Antes de ingressar como presidente na Cisco, Abreu trabalhou por mais de duas décadas no mercado de telecomunicações e tecnologia da informação. Foi presidente também da Nortel Networks no Brasil e CEO da Promon Tecnologia.

O novo presidente da TIM faz parte de vários boards de associações da Telecom, ministrando palestras e participando de eventos relacionados à área de comunicação.

Cupons de desconto TecMundo: