(Fonte da imagem: Divulgação/TIM)

Em agosto, a Anatel criticou duramente a companhia telefônica TIM, acusando-a de derrubar ligações do plano Infinity de propósito, obrigando os clientes a gastar mais para completar as chamadas corretamente. Três meses depois, é hora de ouvir o outro lado da história.

De acordo com um comunicado oficial, a TIM, preocupada com a própria imagem, contratou duas empresas para provar que a fraude não acontecia e esclarecer os fatos aos acionistas, clientes e à imprensa. Os relatórios da Ericsson e da PricewaterhouseCoopers foram similares na conclusão: não há provas para determinar se a queda nas ligações era feita de maneira “intencional ou proposital”.

Além disso, a tal taxa diária de 24% na derrubada de chamadas foi contestada por ambas as companhias, que chegaram às porcentagens de 2,09% e 2,4% de ligações instáveis.

Os relatórios completos, que não foram divulgados publicamente, foram encaminhados para a Anatel, que pode ter que se desculpar pelas críticas – ou desmentir os resultados e começar a novela mais uma vez.

Cupons de desconto TecMundo: