A destruição total de um equipamento eletrônico por causa de problemas nas baterias não é mais uma exclusividade dos smartphones e notebooks.

Uma grande prova disso está em uma unidade do Tesla Model S, que foi completamente consumida pelas chamas após problemas nos circuitos das baterias. O incidente aconteceu no sudoeste da França.

O carro estava com quatro pessoas, e uma delas trabalha na Tesla — ainda não está muito claro se tratava-se de algum teste ou demonstração do veículo.

Felizmente, todas as pessoas conseguiram sair do carro rapidamente e ninguém ficou ferido. Pouco depois, a própria Tesla confirmou o acidente e garantiu que vai trabalhar com as autoridades francesas para determinar o que pode ter causado os problemas.

Como o ArsTechnica contou, o motorista afirma que estava acelerando normalmente quando ouviu um ruído. Então o veículo começou a emitir alertas, e o empregado da Tesla sugeriu que o carro fosse levado ao acostamento. Todos saíram do veículo e então perceberam as chamas que se iniciaram.

Ao que tudo indica, o Tesla passou por alguma estrutura que causou a quebra dos protetores da bateria. Outra possibilidade está em uma "falha catastrófica" no sistema de fornecimento de energia.

Cupons de desconto TecMundo: