O Twitter anunciou hoje (26) uma aliança com o Facebook, a Microsoft, o Twitter e o YouTube para combater o terrorismo online. Essa parceria se chama Global Internet Forum to Counter Terrorism (algo como "Fórum Global da Internet para Combater o Terrorismo") e pretende tornar as redes sociais um ambiente "hostil" para terroristas e extremistas.

"A disseminação de terrorismo e extremismo é um problema global urgente e um desafio crítico para todos nós. Levamos esse assunto muito a sério, e cada uma de nossas companhias têm desenvolvido políticas e práticas de remoção de conteúdo para garantir uma ação firme contra materiais relacionados a terrorismo ou extremismo em nossas plataformas", anunciou o grupo. "Acreditamos que trabalhando juntos, compartilhando melhores práticas operacionais de nossos esforços individuais e tecnologias podemos ter um impacto maior sobre o conteúdo terrorista online". 

Informações adicionais sobre todas as iniciativas acima serão compartilhadas com o tempo

Segundo o anúncio, o Fórum vai realizar iniciativas ao lado de autoridades, como o governo britânico, e também vai levar pesquisas e conclusões para encontros do conselho europeu e do G7, formado por Estados Unidos, Alemanha, Canadá, França, Itália, Japão e Reino Unido.

O Twitter também comentou que esse trabalho em conjunto vai evoluir com o tempo. Inicialmente, o grupo vai focar em um trabalho sobre os seguintes pilares: soluções tecnológicas, pesquisa, compartilhamento de conhecimento, interação com pequenas companhias, desenvolvimento de melhores práticas e contra-argumento — para empoderar e treinar organizações civis e indivíduos.

"Vamos promover uma série de workshops em parceria com a UN CTED e a ICT4Peace no Vale do Silício e ao redor do mundo para direcionar essas áreas de colaboração. Informações adicionais sobre todas as iniciativas acima serão compartilhadas à medida em que avançarmos".

Mais detalhes sobre essa aliança entre Facebook, Microsoft, Twitter e YouTube, você pode acessar aqui.

Cupons de desconto TecMundo: