O Netflix é um serviço de streaming que conseguiu alcançar as massas. Com séries originais que não param de sair, qualidade de transmissão cada vez melhor e uma base de usuários que só cresce, o serviço conquistou sucesso rapidamente, e isso se justifica pelos fatores mencionados. Dito isso, o CEO da companhia, Reed Hastings, é alguém que tem certa autoridade para opinar em determinados assuntos, e TV é, sem sombra de dúvidas, um deles. Na visão do executivo, toda a transmissão da televisão será via internet nos próximos 10 a 20 anos.

A empresa está se expandindo substancialmente em escala internacional e somou mais de 3 novos milhões de usuários no primeiro semestre deste ano, embora a apuração que o TecMundo publicou recentemente mostre que a empresa esteja passando por algumas complicações em função do alto orçamento de suas séries e de outros aspectos relacionados a administração.

Hastings endossou o crescimento exponencial da companhia num contexto em que a internet é, mundialmente, a ferramenta mais versátil que existe. “É a internet. Ela está transformando muitos setores da economia, e somos a TV da internet. Esse setor cresceu de maneira significativa de 15 anos para cá e começou a ser mais importante agora”, ponderou o chefão em entrevista ao CNBC.

O CEO disse que viu, no passado, o potencial da internet em oferecer “experiências incríveis ao consumidor” e atribuiu o sucesso do Netflix a séries originais, citando nomes como “Orange is the New Black” e “House of Cards”. “Somos apenas uma máquina de aprendizado. Toda vez que colocamos no ar uma nova série, analisamos ela e vemos o que funcionou e o que não funcionou para melhorarmos na próxima vez”, explicou.

Serviço teve cancelamentos em agosto

Sobre a possível evasão de assinantes em agosto, Hastings foi enfático: “É uma preocupação no longo prazo”. A matéria publicada pelo TecMundo talvez elucide melhor algumas dessas questões. “Algumas pessoas saíram, mas é um número muito, muito pequeno, mesmo hoje. Ainda assim, é uma preocupação no longo prazo”, contou o executivo.

CEO da Netflix acredita que toda a programação da TV será transmitida via internet dentro de 10 a 20 anos, e você? Opine no Fórum do TecMundo.

Cupons de desconto TecMundo: