Em um mundo em que todo tipo de entretenimento e informação tem sido cada vez mais veiculado pela internet, a impressão de que a televisão está em decadência fica mais e mais evidente. Não é à toa que serviços de vídeo via streaming, como o Netflix e o Popcorn Time, têm ganhado a preferência das pessoas que querem assistir a séries e filmes ou acompanhar esportes.

Um dos principais motivos para essa mudança é que as plataformas de transmissão de vídeos pela internet são muito mais maleáveis do que a televisão em si, sendo possível através delas assistir a praticamente o que quisermos, quando quisermos e do jeito que quisermos.

A Tour de France no seu celular

É por isso que a transmissão do Tour de France tem chamado atenção. Caso você se interesse por essa tradicionalíssima prova francesa de ciclismo, basta ligar em qualquer canal especializado em esportes presente em qualquer operadora de TV a cabo e lá estarão os grandes corredores da categoria disputando cada centímetro das estradas do interior gaulês.

Apesar do preço salgado, o app é robusto, não apresenta falhas e transmite tudo em resolução Full HD e sem propagandas.

Porém, um serviço inovador de transmissão pode ser adquirido com a transmissora americana oficial do evento, o canal de TV NBC: um aplicativo disponível para plataformas móveis ou desktop mostra o evento de modo completamente interativo. Por um valor relativamente alto (US$ 20 na versão mobile e US$ 30 na versão para computador, cerca de R$ 65 e R$ 98, respectivamente), você pode assistir ao Tour de France ao vivo de qualquer lugar, seja em casa, no computador ou via Chromecast, Apple TV, tablet e smartphone, ou até no ônibus, voltando do trabalho.

O app também permite que vejamos replays, e o mais interessante: podemos escolher um ciclista específico para acompanhar durante o percurso através de GPS. Apesar do preço salgado, o app é robusto, não apresenta falhas e transmite tudo em resolução Full HD e sem propagandas.

Pioneirismo com a ajuda de especialistas

Para chegar a essa alta qualidade, a NBC trabalhou juntamente com o pessoal do Tour Tracker, uma plataforma especializada em transmissões ao vivo das grandes provas de ciclismo. A interface do aplicativo é moderna e interativa, mostrando ao usuário mapas dos trajetos, cada uma das etapas do evento e o posicionamento de cada um dos corredores em tempo real.

Imagine uma corrida de Fórmula 1 na qual você pode escolher quem quer acompanhar com a câmera e a qual disputa de posição vai querer assistir naquele momento.

A liga nacional americana de beisebol está começando a usar um sistema parecido em parceria com o canal HBO, que também deve dar todas essas regalias e o conforto da interatividade para o torcedor. Levando em conta os rumos que as transmissões de esporte estão tomando, podemos esperar para um futuro próximo que diversas competições sejam televisionadas dessa maneira.

A TV interativa do futuro

Imagine uma corrida de Fórmula 1 na qual você pode escolher quem quer acompanhar com a câmera, a qual disputa de posição vai querer assistir naquele momento ou se vai preferir continuar acompanhando a disputa apesar de algum acidente que possa chamar mais atenção das câmeras. Ou mesmo um evento enorme como uma Copa do Mundo, no qual seria possível acompanhar o jogo todo de um ponto de vista específico ou rever cenas polêmicas que o replay comum não mostrou.

Seja como for, podemos ter uma certeza: o futuro da televisão certamente está envolvido de alguma maneira com a internet.

Você acha que o futuro da TV está na internet? Comente no Fórum do TecMundo

Cupons de desconto TecMundo: