Apesar do pouco tempo em que as televisões de LCD (principalmente as de LED) emplacaram aqui no Brasil e se tornaram mais acessíveis, há a impressão de que o 3D virou o novo desejo do consumidor.

Parece que o grande culpado disso tudo é James Cameron com sua produção de grande sucesso: "Avatar". Os cinemas lotaram e até viviam com os ingressos esgotados, pois as pessoas acabavam vendo várias vezes o mesmo filme.

É claro que o recurso já vinha sendo explorado de diversas formas há algum tempo, inclusive pelas empresas de games. Afinal, o fascínio de poder ver imagens saindo da tela impressiona a todos, então o que pode ser melhor do que ter essa tecnologia em sua sala de estar?

Quais TVs 3D estão à venda?

Com a tecnologia 3D em alta, muitos fabricantes correram para se lançarem no mercado com seus novos televisores revolucionários. O problema é que os chamados "early adopters" (primeiros consumidores) podem acabar sofrendo com produtos que não entregam o que prometem e, sobretudo, que são extremamente caros.

Graças a uma procura que é cada vez maior, TVs com funções diferentes começam a surgir. No Brasil, as principais marcas que estão comercializando aparelhos com a nova tecnologia são a Sony, Samsung e LG, com tamanhos que ficam em uma média entre 40 e 60 polegadas. Os preços são bastante salgados e podem ir facilmente de R$ 5.000 para R$ 15.000.

Sony Bravia 3D XBR-60LX905

O grande problema dos televisores 3D é que ainda não foi lançado nenhum no mercado que seja capaz de fornecer o formidável efeito sem o uso de óculos especiais. Sendo assim, enquanto empresas como a Toshiba não lançam seus televisores com a mesma tecnologia do Nintendo 3DS, precisaremos revezar os óculos com as pessoas que estiverem presentes.

É por isso que se torna completamente impensável a aquisição de uma televisão com o acompanhamento de apenas um ou dois óculos. Além disso, é necessário prezar por uma tela grande para que o efeito seja o melhor possível (é claro que, para isso, você também vai precisar de uma enorme sala de estar).

Um dos melhores modelos no mercado atualmente é a Sony Bravia XBR-60LX905. (foto acima) Ela tem 60 polegadas e 480 Hz de frequência. Entretanto, custa R$ 15.000. Se você quer um aparelho assim, precisa considerar a melhor qualidade de imagem, uma tela enorme, vários óculos especiais e, é claro, um reprodutor de filmes em três dimensões, como Blu-ray players e/ou o PlayStation 3.

Trabalho duro

O  problema é que, para o brasileiro, ainda está um tanto quanto caro "investir" seu "suado dinheirinho" em uma televisão realmente boa. Por isso, montamos um infográfico que mostra uma média aproximada de quanto é necessário trabalhar para comprar um aparelho de última tecnologia — no caso, o modelo da Sony em questão.

A média dos salários de cada profissão foi calculada com base no site "Salariômetro",  uma ferramenta do Governo do Estado de São Paulo, que mostra quanto ganham trabalhadores de todo país. Vale lembrar que os valores são apenas uma estimativa, já que variam muito conforme o cargo atual e a cidade.

Quanto é necessário para comprar a super TV com 3D?

Quais as vantagens de se comprar uma TV 3D?

Fica óbvio se você pensar que, com uma televisão 3D, é possível assistir a filmes em três dimensões. Entretanto, o aproveitamento da tecnologia se faz cada vez maior por parte das grandes empresas produtoras de conteúdo.

Diversos canais começaram também a passar parte da sua programação com compatibilidade ao 3D. É o caso da ESPN, que transmitiu jogos da Copa do Mundo desse ano com a tecnologia. Aqui no Brasil, também já começou a corrida, com a RedeTV transmitindo tridimensionalmente e ao vivo programas como o Pânico na TV.

O PlayStation 3 também embarcou nessa tendência e, agora, oferece atualizações no console que tornam possível o suporte do "efeito" para uma série de jogos. Ou seja, um joystick nunca ofereceu uma experiência tão incrível.

Vale a pena adquirir uma televisão 3D?

Para saber se você deve comprar algum produto ou não, é essencial fazer a famosa análise do custo-benefício. Como os preços estão muito altos, o ideal é esperar, pelo menos, até o ano que vem — ou quem sabe até mais. É provável que modelos novos serão lançados em grandes quantidades em breve, fazendo com que características melhores apareçam e as vantagens aumentem.

Além disso, o potencial da tecnologia ainda não está sendo realmente aproveitado ao máximo, pois é apenas o começo dos televisores em três dimensões. Quem sabe os modelos que não precisam de óculos não aparecem com preços um pouco mais amigáveis, capazes de concorrer com força no mercado, não é?

Cupons de desconto TecMundo: