Você já parou para pensar o porquê de nunca ter visto um monitor com a tela curvada? Pois a Ostendo sim; e nisso acabou descobrindo um bom negócio: monitores de tela curvada aproveitam melhor a visão periférica do ser humano por causa do seu tamanho, expandem as imagens de filmes e jogos, não forçam a visão do usuário, aumentam a produtividade e reduzem a frustração e, ainda, são compatíveis com diversas placas gráficas.

Ao utilizar a tecnologia CRVD presente no Ostendo CDM43 você tem a sensação de mergulhar na imagem exibida na tela. Principalmente pelo tamanho e curvatura da tela, mas também por causa da qualidade da imagem. A tela conta com quase 70 bilhões de cores, brilho de 200 nits, contraste de 10.000:1, taxa de atualização de 60 Hz e tempo de resposta inferior a 0.02 milissegundos.

Mais informações na tela

Fonte: Ostendo Technologies

Se você está acostumado com as atuais telas finas e leves encontradas em telas LCD e afins, pode “tirar o cavalinho da chuva”: o CDM43, além de ter um metro de largura e 40 cm de profundidade, pesa quase 24 Kg com o pedestal. Ou seja, se você pretende adquirir o aparelho e trocá-lo de lugar com frequência, precisará começar a fazer alguns exercícios para fortalecer os braços!

De lado

Fonte: Ostendo Technologies

Você sabe o que é um antolho? É aquela “viseira” utilizada para tapar a visão lateral dos cavalos, de forma a fazê-los ver somente o que está à frente, o que evita o desvio da trajetória sem a ordem do condutor. Portanto, podemos comparar o Ostendo CRVD como a remoção dos “antolhos dos monitores”: tudo aquilo que existia aos lados passou a ser visto. Por exemplo, num jogo de corrida usando o CRVD com a câmera em primeira pessoa você consegue ver o retrovisor superior e ambos os laterais, tal como um motorista num carro de verdade!

Comparação

Fonte: Ostendo Technologies

Além disso, o CDM43 não requer a instalação de qualquer software ou hardware novo em seu computador: basta plugar o cabo HDMI ao computador e usar. Contudo, para que o monitor funcione é necessário que a placa de vídeo do seu computador seja compatível com a resolução 2880x900 (comumente presente nas placas encontradas no mercado).

Especificações técnicas

Segundo pesquisa de L. M. Shüpp, que garantiu a ele o título de Mestre em Ciência da Computação pela Universidade da Virginia, o rendimento das atividades realizadas pelos usuários que utilizam monitores curvos aumenta em 30%. Isso acontece, como era de se esperar, devido à praticidade de possuir mais espaço para organizar as janelas abertas. Entretanto, não é possível obter o mesmo resultado juntando dois monitores, um ao lado do outro?

Por cima

Fonte: Ostendo Technologies

O CRVD é constituído de apenas uma tela curva, logo, com ele obtém-se um resultado diferente daquele obtido com duas telas planas, pois não há bordas e divisões, e sim uma tela contínua, o que elimina o “ponto cego” localizado entre as duas telas.

De frente

Fonte: Ostendo Technologies

Se você chegou até aqui pensando em qual seria o preço dessa belezinha, prepare-se para a facada: US$ 6.500 (quase R$ 13.000)! Outro detalhe, não pense que você encontrará o Ostendo CMD43 numa loja perto da sua casa, pois para isso você precisaria morar nos Estados Unidos ou no Canadá!

Aumenta a produtividade

Fonte: Ostendo Technologies

Caso você queira adquirir o produto é preciso fazer um pedido através do site do fabricante. Todavia, pense bem antes de investir seu dinheiro, pois como já sabemos a tendência dos monitores é “afinar”. Portanto, se esse for o caso do CRVD, vale a pena esperar por um aparelho mais fino e leve. Afinal, mais de 20 Kg e 40 cm de profundidade é muita coisa!

O que achou desta novidade? Você teria coragem de investir num monitor grande desses para facilitar a sua vida? Comente!

Cupons de desconto TecMundo: