(Fonte da imagem: Reprodução/DigiInfo)

A rede de televisão japonesa NHK anunciou na última terça-feira (15 de maio) que foi bem-sucedida na transmissão de imagens em resolução 8K (7680x4320) através de frequências UHF. Isso indica que os novos televisores que dispõem da tecnologia podem começar a receber transmissões feitas por grandes redes de comunicação em um futuro próximo.

O sinal utilizado pela empresa, batizado como Super Hi-Vision, foi transmitido a uma distância de 4,3 quilômetros sem que houvesse qualquer erro durante o processo. Embora isso não signifique que a tecnologia já esteja pronta para ser empregada em larga escala, se mostra um passo importante para o futuro dos aparelhos 8K.

Para facilitar a transmissão da quantidade maciça de dados, os pesquisadores da NHK tiveram que dividi-los entre várias frequências UHF. Para efeitos de comparação, uma TV considerada Full HD possui resolução de 1920x1080 pixels, 16 vezes menor do que aquela apresentada por dispositivos que contam com o novo processo de fabricação.

Para que os sinais em 8K ganhem mais espaço, primeiro será preciso que os aparelhos com a tecnologia mostrem que são capazes de gerar interesse no mercado. Somente após isso acontecer é que os governos mundiais devem começar a destinar mais espectros de transmissão para esse tipo de sinal.

Fonte: NHK

Cupons de desconto TecMundo: